Avaliamos o Mercedes-Benz GLC 250 Coupé

Mercedes-Benz GLC 250 Coupé alia jeitão off-road das janelas para baixo e elegância na parte de cima


Mercedes-Benz GLC 250 Coupé tem teto baixo, boa altura do solo e tração 4x4 permanente
É como se o GLC 250 Coupé estivesse ali como conciliador. Tem gente que gosta da robustez dos utilitários. E há quem prefira a beleza dos cupês. Pois o novo modelo da Mercedes-Benz veio para atender a ambos. Da base das janelas para baixo, é utilitário. Dali para cima, prevalece o visual esportivo.

A receita não é nova, e já foi usada em modelos como BMW X6 e X4 (concorrente do GLC Coupé). Mas, quando bem executada, sempre faz sucesso.

Neste Mercedes de R$ 299.900, é como se o GLC padrão (o utilitário-esportivo convencional) fosse pressionado no teto, e ficasse mais baixo, mais largo e mais comprido. O cupê é cerca de quatro cm mais baixo (1,60 metro) e oito cm mais comprido (4,73 m) que o utilitário, com o qual divide a base. Além disso, os “ombros” (laterais, acima das rodas traseiras) são mais largos e a grade dianteira recebeu pontos cromados.

As belas rodas aro 20 se destacam na lateral, e os enormes pneus (285/40 na traseira) chegam a exceder os limites na parte inferior da carroceria. Gotlieb Daimler, um dos fundadores da Mercedes, teria ficado orgulhoso do resultado. Pelo menos, é o que insinua a assinatura dele no para-brisa.

Quando o motorista olha pelo retrovisor interno, vê um vidro traseiro bem menor, típico de cupês. Olhando para a frente, enxerga tudo “de cima”, como nos jipes.

O motor 2.0 turbo de quatro cilindros e 211 cv não é a última palavra em potência e tecnologia, mas não desaponta. O desempenho é bom, e a fabricante divulga que ele é capaz de ir a 100 km/h em 7,3 segundos, com máxima de 222 km/h. Graças ao câmbio automático de nove marchas, na estrada o carro anda a 120 km/h em pouco mais de 1.500 rpm, sem fazer barulho e com economia de gasolina.

A tração é 4×4 permanente, com 45% na frente e 55% atrás. O modelo está disponível com kit visual da divisão esportiva AMG, que inclui bancos de couro com grandes abas laterais, rodas e até tapetes com o logo da preparadora. O lado negativo é que não há sistemas de manutenção de faixa e controle de cruzeiro ativo (para acompanhar o ritmo do trânsito automaticamente).


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas