BMW apresenta em Xangai M4 CS, com 460 cavalos

Edição limitada CS do BMW M4 tem 24 cavalos a mais do que o M4 original, e é atualmente a versão mais potente do cupê esportivo

BMW M4 CS Salão de Xangai
(Foto: BMW)

 

A BMW apresentou no Salão de Xangai o M4 CS, versão mais potente da gama M4.

Começando pelas mudanças mecânicas, a divisão esportiva M extraiu do motor biturbo 3.0 de seis cilindros em linha nada menos do que 460 cv de potência e 61,2 mkgf de torque. Em relação ao M4 original, esses números representam acréscimo de 24 cv na potência e 5,1 mkgf de torque.

Para melhorar ainda mais o desempenho, a montadora de Munique adotou medidas para redução de peso. Como no M4 GTS (versão que não é mais produzida), o CS recebeu fibra de carbono em componentes como teto, spoiler traseiro e difusor de ar. Pelo mesmo motivo, os puxadores internos das portas são de tecido.

Graças também à transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas, a BMW divulga 0 a 100 km/h em 3,9 segundos, ou 0,3 s mais rápido do que o M4 Competition Package. A máxima é limitada a 280 km/h.

 

O cupê pode receber opcionalmente pinças de freio de seis pistões na frente e quatro na traseira, devidamente pintadas de dourado, além de discos de carbono cerâmica. Os amortecedores e molas podem ser ainda mais firmes, e as barras estabilizadoras, maiores. As rodas são de 19 polegadas na frente e 20 polegadas atrás. E as quatro saídas de escape têm 8 cm de diâmetro.

A montadora alemã informa que o cupê marcou tempo de 7m38s na pista de Nurburgring, um tempo acima do obtido pelo M4 GTS (7m27s88), mas equivalente ao do Porsche 991 Carrera S.

A produção da edição limitada deverá ser feita somente até a metade do ano que vem. Não há previsão de importação para o Brasil.

 


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas