Carro usado está valorizado na troca por um zero quilômetro

Bônus para o carro seminovo ou usado que entra como parte de pagamento pode chegar a R$ 7 mil

usado
Devanir ia comprar um Onix Activ e acabou levanto um Tracker LT Foto: Rafael Arbex/Estadão

Há cerca de dois meses, o profissional de TI Devanir Lima Teixeira decidiu comprar um Onix Activ zero-km. Ele chegou à autorizada Chevrolet com seu Peugeot usado e a certeza de que sairia com o hatch, mas acabou levando um utilitário-esportivo Tracker LT.

Teixeira aproveitou o bônus de R$ 5 mil oferecido na compra do SUV e “mudou de nível de carro”, como ele mesmo diz. A condição era que seu Peugeot 207 ano 2015 entrasse como parte de pagamento do negócio.

Ele conta que o Onix Activ sairia por cerca de R$ 64 mil e o Tracker custou R$ 79.900. Sem o usado, seriam R$ 84.900.

O caso de Teixeira não é exceção. Várias marcas estão concedendo bônus a quem der um veículo de segunda mão como parte de pagamento do novo.

Na Ford Caoa, entre as promoções há R$ 32.800 de desconto para a Ranger XLS. Já o cliente que der um usado na troca compra o EcoSport SE 1.5 com bônus de R$ 6 mil (a R$ 68.990).

Segundo o gerente de vendas da Nova, autorizada Chevrolet na zona sul, Flavio Abe, os bônus variam conforme o modelo. No caso do Tracker Premier, de topo da linha, são R$ 5 mil.

O utilitário-esportivo mexicano tem tabela de R$ 99.490, mas está sendo oferecido com desconto e sai a R$ 94.500. Se o interessado der um usado na troca, o SUV pode sair por R$ 89.500.

Abe ressalta que o desconto também varia de acordo com o ano de fabricação do zero-km. No caso do sedã Cruze LT, de entrada na linha, por exemplo, o abatimento para o modelo 2018 feito em 2017 é de R$ 4 mil. Se for 2018/2018, são R$ 2 mil.

Para o hatch Cruze Sport6, a tabela da versão LTZ, de topo, é de R$ 119.390, mas o modelo está sendo oferecido a R$ 113.400 (desconto de R$ 5.990). Caso o cliente entregue um usado na troca, o preço do novo cairá para R$ 106.400. O desconto suplementar chega a R$ 7 mil.

A Hyundai está com um plano semelhante para a versão Sport do Creta. O utilitário-esportivo feito em Piracicaba (SP) é oferecido na rede de concessionárias a R$ 96.350. Se o interessado der um usado na troca, porém, terá direito a um abatimento de R$ 3 mil. A promoção vale até o fim deste mês.

A Citroën também trabalha com uma margem de R$ 3 mil, que pode ser empregada tanto na valorização do usado quanto em desconto no zero-km. No caso sedã do C4 Lounge, o abatimento sobe para R$ 6 mil – desde que o carro de segunda mão que entrar como parte de pagamento seja da própria marca.

Valorização

Para o consultor da ADK Automotive Paulo Garbossa, uma das razões para o crescente interesse das concessionárias pelo usado está no fato de que elas precisam girar os estoques constantemente. Segundo o especialista, “carro parado dá prejuízo”.

Garbossa lembra que o consumidor deve saber quanto vale o seu usado e também o veículo que pretende comprar antes de fechar negócio. “O que importa é a diferença de preços de um para outro. Não adianta conseguir um bom desconto no carro novo se o usado for muito desvalorizado na troca.”


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas