Carros de luxo contrabandeados são destruídos nas Filipinas

Presidente do país ordenou destruição da frota apreendida, avaliada em quase R$ 4 milhões

Crédito: REUTERS/Romeo Ranoco

Dezenas de carros de luxo contrabandeados foram destruídos nas Filipinas, por ordem do presidente do país, Rodrigo Duterte. Os veículos apreendidos pelo governo, entre eles Porsches, Mercedes, Jaguares e Corvettes, foram reduzidos a pilhas de ferro velho por escavadeiras.

A frota valia cerca de US$ 1,2 milhões (R$ 3,9 milhões). Alguns dos carros tinham valores acima de US$ 115 mil (R$ 372 mil). A demolição durou pouco mais de três minutos. “Dê isso ao comprador de ferro”, disse o presidente aos funcionários.

“Não vale a pena escapar dos impostos nas Filipinas. Então, é melhor deixar de tentar, porque nunca terão sucesso”, disse o ministro das Finanças de Duterte, Carlos Dominguez, antes de 20 veículos serem destruídos no porto de Manila. Outros dez carros foram aniquilados em portos nas cidades de Davao e Cebu.

Entre os modelos que foram destruídos, estavam clássicos como o Corvette Stingray. Outros automóveis tinham emblemas da BMW, da Jaguar, da Audi, da Mercedes e da Lexus.

No ano passado, o governo das Filipinas apreendeu US$ 2,93 milhões (cerca R$ 9,5 milhões) em carros contrabandeados.

Crédito: REUTERS/Romeo Ranoco

 

VEJA TAMBÉM: OS CARROS DE LUXO MAIS VENDIDOS EM 2017


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas