Eles já começaram 2018 custando mais caro

Fabricantes já aumentaram tabela de preços de alguns modelos logo após virada do ano

preços
Ford EcoSport Foto: Felipe Rau/Estadão

É comum que na mudança de ano-modelo, ocorram reajustes de preços na tabela de muitos carros. Alguns mal esperaram 2018 começar para estrear a tabela nova com altas expressivas.

O primeiro a ficar mais caro em 2018 foi o Hyundai Creta. A versão de entrada Attitude subiu R$ 1.360 e passa a vustar R$ 76.350. Ela é equipada com motor 1.6 de 130 cv e câmbio manual.

As outras versões do modelo também ficaram mais caras. A maior alta foi na de topo (Prestige), que saiu de R$ 100.990 para R$ 102.580, um aumento de R$ 1.590. Já a versão Sport 2.0 foi a R$ 96.350.

A única que não teve seu valor alterado foi a Pulse Plus com motor 1.6 e câmbio automático, que continua sendo vendida por R$ 89.990.

A Toyota também subiu, mais discretamente, o preço da linha Etios. Os aumentos variaram entre R$ 210 e R$ 654 de acordo com a versão. O Etios hatch mais barato passou custar R$ 47.350.

A marca japonesa reservou aumentos maiores para a linha SW4, que virou 2018 até R$ 1.270 mais cara. A versão de topo SRX foi a elevados R$ 254.060. A de entrada, a SR Flex, passou a R$ 152.850, alta de R$ 760 em relação à tabela de 2017.

Mais recentemente, a Jeep também reajustou a tabela do Renegade. O modelo agora parte de R$ 75.790, cobrados pela versão Custom 1.8 manual.

As demais versões com motor 1.8 Flex sofreram aumento de R$ 1.500. Naquelas com motor a diesel 2.0, a alta varia entre R$ 1.300 e R$ 2.000. A única versão sem reajuste foi a automática da Custom, disponível apenas para clientes PCD, que continua sendo vendida por R$ 69.990.

Já a Ford não esperou o ano novo para elevar a tabela (mais uma vez) do EcoSport. O SUV compacto ficou R$ 1 mil mais caro na versão de entrada SE, de câmbio manual, e custa agora R$ 77.990.

O EcoSport SE com câmbio automático também teve um reajuste de R$ 1 mil, saindo de R$ 82.990 para R$83.990. Já a versão FreeStyle sofreu aumento de R$ 1,5 mil nas configurações com câmbio manual e automático, custando agora R$ 83.990 e R$ 89.990, respectivamente.

O menor reajuste entre os Eco foi na versão de topo Titanium. Com um aumento de R$ 960, o modelo (apenas com câmbio automático) passa a ser vendido por R$96.850. Seu preço inicial era de R$ 93.990.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas