Fraude em alumínio atinge veículos da Toyota e Nissan

Siderúrgica fornecedora de aço e alumínio usados pelas montadoras admitiu recentemente que falsificou certificação dos produtos

Crédito: Filipe Araujo/ Estadão

A Toyota e a Nissan ainda avaliam as estratégias para lidar com o caso de fraude na certificação de produtos da Kobe Steel, fornecedora de aço e alumínio usados pelas duas montadoras. A siderúrgica admitiu que falsificou dados de inspeções de um volume estimado em 20 mil toneladas enviados a cerca de 200 clientes no período de 12 meses até agosto deste ano.

Segundo o comunicado oficial enviado ao Jornal do Carro, a Toyota ainda aguarda informações detalhadas sobre o problema. “Nossa matriz no Japão foi informada recentemente sobre o caso envolvendo a Kobe Steel e está confirmando os detalhes a esse respeito”.

A montadora informou ainda que já solicitou a seus fornecedores que “acompanhem minuciosamente questões ligadas à conformidade, uma vez que esse é um tema sensível”.

Já a Nissan comunicou que está estudando os reais efeitos da fraude em sua frota no Brasil: “A Nissan utiliza o alumínio da Kobe Steel em capôs e portas de alguns veículos. À medida que capôs estão relacionados à segurança dos pedestres, estamos trabalhando para avaliar rapidamente qualquer potencial impacto na funcionalidade do veículo”.

 

VEJA TAMBÉM: 15 MITOS AUTOMOTIVOS


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas