Hyundai revela novo Kona elétrico com 470 km de autonomia

Hyundai Kona precisa apenas de 54 minutos para recarregar 80% da bateria

Hyundai Kona elétrico/ Divulgação

A Hyundai revelou o novo Kona elétrico, o primeiro SUV sub-compacto sem motor a combustão da marca para a Europa. O modelo será apresentado no Salão de Genebra, na Suíça, entre os dias 8 e 18 de março.

O veículo terá duas configurações diferentes. A primeira será alimentada por um motor elétrico de 135 cv, com uma bateria de 39,2kWh. Sua autonomia será de 300 km. Já a segunda, mais potente, tem motor de 204 cv e bateria de 64kWh. Segundo a fabricante, esta é capaz de rodar 470 km entre cada recarga.

Com um carregador de 100 kW de corrente direta, as duas versões precisam de apenas 54 minutos para recuperar 80% da bateria, de acordo com a Hyundai. Enquanto o Kona elétrico de menor autonomia atinge 100 km/h em 9,3 segundos, o mais potente chega à marca em 7,6 segundos. Ambos têm velocidade máxima fixada em 170 km/h.

No design, o novo Kona elétrico tem linhas mais suaves e uma grade falsa. Os faróis e as luzes de curva continuam na mesma posição do modelo original. Com novo contorno, o para-choque apresenta duas entradas de ar nas laterais.

O veículo vem com bancos de couro com aquecimento e refrigeração, controle de cruzeiro adaptativo e volante multifuncional em couro. O modelo tem ainda frenagem automática de emergência com detecção de pedestres e ciclistas, alerta de faixa e colisão e aviso de ponto cego e tráfego traseiro.

O painel de direção agora é totalmente digital, com uma tela de alta resolução de sete polegadas. Já o sistema multimídia oferece Apple CarPlay e Android Auto, MirrorLink, além de câmera de ré e navegador nativo.

Hyundai Kona elétrico/ Divulgação
Hyundai Kona elétrico/ Divulgação
Hyundai Kona elétrico/ Divulgação

 

VEJA TAMBÉM: CARROS PROMETIDOS PARA O BRASIL QUE NUNCA FORAM LANÇADOS


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas