Land Rover teme cópias chinesas e mostrará apenas Defender final

Montadora vai “pular” fase conceito do modelo e versão definitiva será apresentada de uma vez no fim de 2018

defender
Land Rover DC100 Concept Foto: Land Rover

A Land Rover vai “pular” a fase de conceito do novo Defender e apresentar de uma vez o modelo definitivo no fim de 2018. O movimento é para prevenir o surgimento de cópias chinesas, ávidas pelo visual robusto e sofisticado dos utilitários ingleses.

A preocupação com o Defender é tão grande que ainda se sabe muito pouco sobre o novo modelo. O conceito DC100 apresentado em 2011 foi amplamente rejeitado pela crítica. Isso fez a Land Rover voltar às pranchetas e refazer o carro.

No entanto, a demora na conclusão do Defender foi causada pela dificuldade em conceber um modelo de negócio viável para o jipe. A geração anterior do modelo nunca vendeu mais de 20 mil unidades por ano no mundo. Para o modelo ser viável, a marca precisa emplacar ao menos cinco vezes isso.

O Defender vai usar a mesma plataforma dos Range Rover Vogue, Sport e do Discovery. Os motores serão da família Ingenium, também já usados em toda a gama Jaguar Land Rover. Isso ajudou a ganhar economia de escala para o modelo.

A Land Rover quer que o Defender seja seu modelo mais capaz no off-road, com várias partes com robustez melhorada. No entanto, o modelo terá a tração integral controlada eletronicamente pelo sistema Terrain Response, como nos modelos de luxo da marca.

 

VEJA TAMBÉM: CARROS QUE CUSTAM O MESMO QUE A ENTRADA DO FORD MUSTANG


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas