McLaren F1 de Senna é arrematado por US$ 5 mi

O ex-chefão da Fórmula 1 Bernie Ecclestone seria o responsável pelo lance vencedor no F1

senna
McLaren MP4/8A de Ayrton Senna. CRÉDITO: BONHAMS

No último final de semana, um leilão da Bonhams no principado de Mônaco foi casa de vários bons negócios. Um deles foi a compra do McLaren MP4/8-6 guiado por Ayrton Senna na temporada de 1993.

O exemplar teria sido arrematado por Bernie Ecclestone, ex-chefão da Fórmula 1, por US$ 5 milhões, cerca de R$ 18 milhões. Foi com esse carro que o tricampeão brasileiro venceu pela última (de seis vezes) no circuito de rua de Mônaco.

Com esse chassi, ele também conquistou os quatro lugares em Magny-Cours, Spa e Hockenheim. Além disso, fez um quinto lugar em Silverstone. Sem pontuar, Ayrton correu ainda as provas de Montreal e Monza.

Diferentemente da maioria dos carros de Fórmula 1 leiloados, esse McLaren veio com o motor Ford-Cosworth V8 e a transmissão, o que faz dele, um carro em condições de uso, por assim dizer.

O outro carro do tricampeão que foi colocado à venda, o Toleman-Hart TG184 1984, da mítica volta em Mônaco sob chuva, atingiu o valor de US$ 1,9 milhão, quase R$ 7 milhões.

Recorde mantido

Havia a expectativa de que o McLaren conseguisse superar os US$ 7,5 milhões pelo qual foi arrematado um Ferrari de 2001, de Michael Schumacher. O carro do multicampeão alemão foi leiloado em um evento em Nova York, em 2017, da RM Sotheby’s.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas