Nissan: Extrem em 2016 e Juke e Note fora

Extrem será o terceiro produto feito em Resende; Juke e Note não foram aprovados em pesquisas


Nissan Extrem chega em 2016

O terceiro produto a sair da nova fábrica da Nissan em Resende, no Rio de Janeiro, depois da nova geração do March e do Versa reestilizado será o crossover Extrem, mostrado no Salão do Automóvel de 2012.

++ Siga o Jornal do Carro no Facebook
++ Nissan revela novo hatch Pulsar
++ Nissan March ficou mais confortável

As linhas do protótipo das fotos serão mantidas, mas os exageros visuais presentes em todos os modelos de exibição serão cortados. O Extrem (ou sua versão de produção) começa a ser feito em 2016 e será vendido um pouco antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, evento patrocinado pela Nissan. A plataforma é a “V”, a mesma usada no March e Versa.

Já o controverso crossover Juke (veja a avaliação) e o monovolume Note, que já estiveram nos planos da marca para serem importados para o Brasil, foram descartados. Além deles não terem sido aprovados em pesquisas com clientes, o presidente da grupo Grupo Renault-Nissan, Carlos Ghosn, quer que a empresa solidifique a participação de seus produtos já existentes no mercado brasileiro antes de expandir a linha.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas