Novo Suzuki Vitara é agradável surpresa

Motor 1.4 turbo de 146 cv e câmbio automático de seis marchas são um bom conjunto; espaço também agrada


Vitara 4Sport tem motor 1.4 turbo de 146 cv, mas há uma versão básica com 1.6 de 128 cv

A nova geração do Vitara, apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, já está à venda. Nas versões com motor 1.4 turbo, que partem de R$ 107.990, o Suzuki importado da Hungria chega para concorrer com as opções de topo de Honda HR-V e Jeep Renegade, entre outros.

De série há retrovisores com rebatimento elétrico, faróis com LEDs, partida sem chave, computador de bordo, start&stop, sete air bags, controles de estabilidade e de velocidade de cruzeiro, além de auxílio para partida em rampa. A central multimídia com tela de 10 polegadas parece um tablet. Com sistema Android, o dispositivo tem aplicativos já instalados, como o Waze, que usa o 4G de smartphones.

O visual do novo Suzuki é descolado e tem apelo esportivo. Na versão 4Sport, de entrada entre as com motor turbo, há rodas pretas e carroceria pintada no estilo “saia e blusa”. O interior segue o mesmo tom, mas o acabamento de algumas peças plásticas, como a tampa do porta-luvas, poderia ser mais agradável ao toque.

O espaço é bom para quatro adultos e o porta-malas tem satisfatórios 375 litros. A posição de guiar é fácil de achar e os bancos são confortáveis.

O motor 1.4 turbo de 146 cv casou bem com a transmissão automática de seis marchas, que tem opção de trocas por meio de aletas atrás do volante e respostas rápidas. Isso, junto com o torque máximo disponível a 1.500 rpm, privilegia a agilidade na hora de acelerar.

A suspensão tem a firmeza adequada para não deixar a carroceria rolar muito, sem castigar os ocupantes. As respostas da direção são diretas. O Vitara também tem versões com motor 1.6 aspirado, de 126 cv, a partir de R$ 83.990


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas