Perua Panamera é um monstro de 680 cv

Nova versão Turbo S E-Hybrid combina motor 4.0 V8 a outro elétrico para gerar a maior potência entre todos os Porsche de série

Crédito: Porsche

O nome é grande: Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo. Tanto quanto é o poder da versão mais potente da perua alemã. São 680 cv gerados pela união do motor V8 biturbo de 4 litros a gasolina com outro elétrico. Essa cavalaria faz dela o Porsche mais poderoso feito em série atualmente. Com previsão de estreia no Brasil no primeiro semestre do ano que vem, o carro não teve o preço divulgado, mas deverá ser o mais caro da linha.

E tanta força só poderia significar uma coisa: essa perua é estupidamente rápida, a despeito de seus 2.325 quilos de peso.

Independentemente do modo de condução escolhido (são quatro opções: elétrico, híbrido, Sport e Sport+), a perua acelera forte e pode deixar muitos esportivos para trás. Para ir de 0 a 100 km/h bastam 3,4 segundos, de acordo com a Porsche.

O carro pode rodar até 49 quilômetros e chegar aos 140 km/h no modo elétrico. Com o seletor giratório do volante na posição H (híbrido), a Sport Turismo arranca utilizando apenas o motor a eletricidade, mas basta uma acelerada mais forte para o V8 “acordar” e se fazer presente com um ronco grave e para lá de instigante.

A partir daí, a condução fica imediatamente mais “animada”. O conjunto parece “entender” os desejos do motorista e entrega muita força sempre que o pedal da direita é pressionado com mais vontade.

Quando os modos Sport ou Sport+ são ativados, a perua assume a postura de “ataque” máximo e mostra todo seu poder balístico. O volume do ronco do V8 aumenta e as trocas de marcha do ótimo câmbio automatizado de dupla embreagem e oito velocidades ficam mais rápidas – a ponto de dar trancos. A Sport Turismo ganha velocidade com impressionante desenvoltura e, mesmo sendo grande, mostra destreza em curvas de qualquer raio.

Tudo isso com o máximo de conforto e luxo. Os bancos são envolventes e a suspensão surpreende pela suavidade.

PRÓS E CONTRAS

Desempenho

Conjunto formado por dois motores dá agilidade impressionante ao modelo. Acelerações e retomadas são muito fortes.

Autonomia

Em modo elétrico, a perua roda apenas 49 quilômetros. É pouco para um carro tão tecnológico.

O jornalista viajou a convite da Porsche

 


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas