Renault apresenta em Frankfurt novo Mégane RS

Renault Mégane RS lançado em Frankfurt tem motor 1.8 turbo de 280 cv, controle de largada e quatro rodas esterçantes. Além dele, marca francesa apresenta também o conceito Symbioz

Renault Mégane RS apresentado em Frankfurt pelo piloto Nico Hulkenberg
O Renault Mégane RS foi apresentado em Frankfurt pelo piloto de Fórmula 1 Nico Hulkenberg. Foto: Arne Dedert/AP

A Renault está mostrando em Frankfurt a nova geração do Mégane RS. O esportivo chega com o mesmo motor 1.8 turbo do Alpine A110, capaz de gerar 280 cavalos de potência e 39,8 mkgf de torque.

A tração é dianteira, e o esportivo será oferecido com transmissão manual ou automatizada de dupla embreagem, ambas com seis marchas.

O modelo, que não tem previsão de vir para o Brasil, é equipado até com controle de largada, e está disponível com dois acertos de chassi: Sport e Cup. O Mégane RS vem com o sistema 4Control, de quatro rodas esterçantes.

Entre os detalhes externos, o esportivo francês tem novo para-choque frontal, com spoiler semelhante aos de modelos de Fórmula 1, além de entradas de ar maiores. A traseira também tem extratores de ar inspirados nos carros de F1, e saída de ar centralizada.

Além das duas versões, a Renault irá oferecer no final do ano que vem o Mégane RS Trophy, ainda mais potente. Este virá com motor de 300 cv de potência e 40,8 mkgf de torque. Na França, as vendas do modelo começam em dezembro.

Symbioz. Outra atração da marca francesa na exposição alemã é o conceito Symbioz (abaixo). De acordo com a montadora, o protótipo representa a visão de mobilidade da empresa para “além de 2030”, “quando os veículos estarão aptos para interagir totalmente com o lar, as cidades e as estradas.

Para a Renault, o Symbioz é ao mesmo tempo “casa e carro” (daí o nome, simbiose). O conceito é movido por meio de motores elétricos instalados nas rodas traseiras. A potência é de 680 cv, e o torque, de 67,3 mkgf. Estima-se que a aceleração de 0 a 100 km/h seja alcançada em menos de 6 segundos.

Segundo a montadora, a autonomia em estradas é superior a 500 km. Ainda de acordo com a empresa, em apenas 20 minutos é possível recarregar 80% das baterias, por meio de indução (sem fio).

Embora seja um projeto para o futuro, a montadora informou que um modelo de demonstração elétrico, autônomo e conectado, similar ao Symbioz, estará disponível para testes no final deste ano.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas