Volkswagen revela Virtus por completo

Sedã derivado do Polo tem entre-eixos maior e porta malas de 521 litros

virtus
Volkswagen Virtus Highline 200 TSI Foto: Volkswagen

A Volkswagen está fazendo hoje a apresentação mundial do Virtus, sedã derivado do Polo. O modelo, que chega ao mercado em janeiro, tem linhas semelhantes às do hatch, mas é maior. O Virtus, que será produzido na fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), vem para competir com sedãs numa ampla gama de preços, e deve abranger do Chevrolet Prisma ao Honda City, segundo a montadora alemã.

Visto de lateral e de traseira, o sedã lembra levemente o estilo do Audi A3 Sedan, especialmente por causa das lanternas e da curva que começa no teto, continua na coluna e termina na tampa do porta-malas.

Com entre eixos 8,5 cm maior que o do Polo (2.65 m), o modelo oferece bom espaço atrás. Além disso, o porta-malas e amplo, com capacidade para 521 litros. Diferentemente do Polo, a novidade não terá motor 1.0 MPI, aspirado. A unidade exposta à imprensa é da versão de topo de linha, Highline, com motor 1.0 TSI, de 128 cv. É denominado 200 TSI, como no hatch.

Em termos de conectividade, ele oferece a mesma central multimídia do Polo. No entanto, traz como novidade “manual cognitivo”. Segundo a montadora, ele emprega inteligência artificial da IBM, batizada de Watson. Trata-se de um aplicativo capaz de auxiliar o motorista em questões relacionadas ao funcionamento do carro.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas