Harley-Davidson confirma chegada de moto elétrica em 18 meses

CEO da Harley-Davidson confirma chegada de sua primeira moto elétrica em um ano e meio

harley-davidson
Harley-Davidson LiveWire

Os tempos são outros até para os puristas e a Harley-Davidson anunciou que terá uma moto elétrica. A divulgação foi feita ontem (30) junto dos resultados financeiros de 2017 e dos planos para os próximos anos.

Segundo o documento enviado aos investidores, em 18 meses, a marca vai mostrar sua primeira moto elétrica ao mundo. O foco é atrair novos consumidores que não se identificam com os produtos tradicionais da marca.

“O mercado de motos elétricas é ‘infantil’ hoje, mas acreditamos que motos [elétricas] premium da Harley-Davidson podem ajudar a ditar um rumo ao entusiasmo e participação global”, afirmou o CEO da Harley-Davidson, Matt Levatich.

MOTIVAÇÃO

A estratégia faz parte da busca por crescimento em novos mercados da companhia. O modelo deverá ser derivado do conceito LiveWire, mostrado em 2014 e que esteve no Salão Duas Rodas de SP, em 2015.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas