Kawasaki apresenta novas Ninja 650 e Ninja 1000

Renovadas, as Sport Touring chegam às lojas em julho; Ninja 650 parte de R$ 33.990 e a Ninja 1000 de R$ 56.990

Kawasaki Ninja 1000 CRÉDITO: KAWASAKI

A Kawasaki apresentou as novas gerações das Sport Touring Ninja 650 e Ninja 1000 que chegam às lojas na segunda quinzena de julho.

A Ninja 650, que é a versão carenada da Z650, está 15 kg mais leve, resultado de novos chassi de treliça e balança de alumínio e chega a partir de R$ 33.990 na cor preta e R$ 34.990 na cor verde.

Toda a ergonomia foi alterada com a troca do guidom inteiriço substituído por um semi guidom que está 10 mm mais à frente e 15 mm mais baixo. Outras mudanças são o assento 15 mm mais baixo e as pedaleiras 6 cm mais à frente, deixando a posição de guiar mais confortável, inclusive para pilotos com mais de 1,8 metro.

O motor bicilíndrico de 649 cm³ teve a potência reduzida de 72 cv para 68 cv, mas o torque passou de 6,5 para 6,7 mkgf e que chega mais cedo. O cabeçote é novo e tem refrigeração a água ao redor dos cilindros para melhorar o rendimento.

A Kawasaki afirma que ele ficou 6,8% mais econômico, por isso o tanque reduziu de 17 litros para 15 l. A embreagem agora é do tipo deslizante e assistida, reduzindo o esforço no manete para o acionamento.

O amortecedor traseiro, que ficava à mostra na lateral, foi centralizado e ganhou links para melhorar o trabalho de amortecimento além de estar maior – de 292 mm para 296,5 mm. O curso também mudou de 47 mm para 51 mm.

Os freios a disco com ABS são duplos na frente e simples atrás, agora com pinças de freio monobloco da Nissin.

O painel é novo, tem mais informações, indicador de marcha e de temperatura da água. Outra novidade o shift light com a opção de programar, a cada 250 rpm, o ponto de troca de marcha. 500 rpm antes da rotação pré-estabelecida, a extremidade do ponteiro fica rosa e ao atingir a rotação programada fica vermelha.

Ninja 1000. A Ninja 1000 ganhou uma remodelação no visual, um pouco mais de conforto com banco mais espesso. Ela também ganhou um novo painel, o mesmo da Ninja 650.

Ela será oferecida em duas versões. A Standard, sem as malas laterais, apenas na versão preta, por R$ 56.990. A versão Tourer será vendida só na cor verde, com as malas, por R$ 59.990.

Na eletrônica ela recebeu a unidade de medição inercial, como na Ninja H2, que lê e controla o modelo nas curvas e a inclinação para entregar a potência ideal.

Há ainda ABS para frenagem em curva, anti-wheeling, controle de freio motor, e de derrapagem, além de já contar com controle de tração e dois modos de potência.

O motor quatro cilindros manteve os 142 cv e 11,3 mkgf de torque. O câmbio é de seis marchas.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas