Novas Triumph Tiger 1200 e 800 chegam ao Brasil

A Tiger 800 tem seis versões e parte de R$ 43.190; a Tiger 1200 tem três a partir de R$ 60.090

tiger 1200
Triumph Tiger 1200

Chegaram às lojas do Brasil as novas gerações das Triumph Tiger 800 e Tiger 1200. Os modelos continuarão sendo montados em Manaus (AM). A 800 agora é oferecida em seis versões e a 1200, em três.

A 800 vem nas variantes XR (R$ 43.190), XRx (R$ 48.890), XRx low seat (R$ 48.890), XCx (R$ 51.390), XRt (R$ 54.890) e XCa (R$ 55.890). A 1200 é oferecida nas versões XR (R$ 60.090), XCx (R$ 73.190) e XCa (R$ 83.490).

Tiger 800

A nova big trail na versão 800 (cuja avaliação você pode ler aqui) recebeu mais de 200 modificações em relação à geração anterior. Entre as novidades, estão o painel de instrumentos de TFT (digital colorido) de cinco polegadas personalizável, os freios dianteiros duplos Brembo e suspensões melhoradas. Novos também são os punhos de comando com iluminação de fundo.

O motor três-cilindros de 800 cm³ rende 95 cv. A transmissão tem uma nova relação de marchas, com a primeira mais curta, solução que ajuda a oferecer mais força em arrancadas. O escapamento também é novo e mais leve.

Além dos modos de condução já conhecidos (road, rain, sport, off-road e rider, há agora também o off-road Pro. Ele permite desligar 100% dos auxílios eletrônicos. Isso deixa a moto completamente na mão do piloto.

Nova também é a posição de pilotagem. A fixação do guidom foi recuada em 10 mm e ficou mais próxima do piloto. O novo para-brisa é ajustável manualmente para aumentar a proteção aerodinâmica em viagens.

Tiger 1200

A irmã maior, a Tiger 1200, chega com até 10 kg a menos que a geração anterior. O motor foi todo retrabalhado para alterar as respostas, mas manteve os 141 cv.

Assim como a 800, essa moto recebeu o painel de TFT com tela personalizável e iluminação de LEDs. Os punhos de comando também trazem as modificações feitas na 800.

Há ainda manoplas com aquecimento, quick-shift (subir e descer marchas sem acionar o manete de embreagem) e partida sem chave (keyless). Para as versões XCx e XCa, há a adição do modo de pilotagem Off-Road Pro.

Ela traz ainda a Unidade de Medição Inercial (IMU), que “lê” a inclinação e a velocidade das rodas. Com isso, o sistema faz a melhor aplicação de força do ABS para curvas, dos controles de tração e de largada em rampa e da resposta do acelerador eletrônico.

Além de novo guidom e quadro revisado, a Tiger 1200 tem um novo assento. Segundo informações da marca inglesa, tudo isso melhorou o conforto a bordo do modelo. O para-brisa é ajustável eletricamente.

As suspensões WP são do tipo semiativas, que têm ajustes pré-definidos ou podem ser programadas para ir se adaptando durante a condução conforme a pilotagem, velocidade e tipo de piso.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas