Honda Civic de leitor tem barulhos na parte traseira

Após três visitas à oficina da concessionária, leitor teve de ouvir que problema era característica do veículo

FOTO: FELIPE RAU/ESTADÃO

Comprei um Civic novo há cinco meses. Com pouco mais de 2 mil km rodados, surgiu um ruído na traseira, parecido com o de escapamento ou para-choque solto. Levei o carro à concessionária três vezes. Substituíram algumas peças, como o coxim do motor, mas o problema continuou. Após mais uma avaliação, disseram que o barulho é uma característica do veículo e não oferece risco. Paguei R$ 107 mil por um carro com defeito insanável.
José Carlos Dias, CAPITAL

Honda responde: em avaliação feita pela autorizada com acompanhamento da Honda, não foi encontrada falha de fabricação ou montagem no veículo.

O leitor diz que ficou inconformado com o diagnóstico e procurou novamente a central da Honda, que manteve o veredicto. Ele pedirá na Justiça o cancelamento da compra.

Advogado: durante o processo judicial contra a montadora, será feita uma perícia, custeada pela empresa, para verificar se há ou não defeito no produto. Se a prova técnica confirmar o problema, o leitor terá direito a desfazer o negócio, recebendo de volta o valor que pagou pelo veículo, além das despesas processuais e de reparação pelos prejuízos sofridos.

Confira as outras reclamações publicadas na coluna Defenda-se desta semana:

VW UP
Falha no câmbio automatizado

Meu pai tem 71 anos e um grave problema nas costas. Há um ano e quatro meses, ele comprou um Up! novo com câmbio automatizado. Há um mês, o carro teve uma pane no meio de uma avenida e foi guinchado para a autorizada, que detectou defeito na transmissão. Foram trocados o câmbio e o motor, mas o problema não foi resolvido. Meus pais, ambos idosos, estão há mais de um mês sem carro, tendo de andar de ônibus e táxi, e a montadora não dá uma previsão de solução para o caso.
Rafael Almudi Villen, CAPITAL

VW responde: o veículo foi reparado e entregue ao cliente.

O leitor diz que, após 30 dias retido na autorizada por causa da falha no câmbio, o carro voltou outras quatro vezes à oficina, com defeitos nos freios, no alternador e no ar-condicionado. Em nenhuma delas foi oferecido carro reserva ou compensação pelos gastos com transporte. Desgostoso, ele irá vender o carro e abandonar a marca.

Advogado: o caso do leitor certamente era de troca do veículo por um novo. Houve defeito em componentes essenciais, como motor e câmbio, o que acarreta depreciação substancial do valor do bem. Além disso, as sucessivas idas e vindas à oficina em curto espaço de tempo mostram que o carro não oferecia a qualidade que se espera do produto novo. De qualquer modo, a empresa deve ressarcir as despesas de transporte tidas pelo leitor.

VOLVO XC60
Falha no câmbio automatizado 2

Meu XC60 2012 passou por todas as revisões e tem cerca de 50 mil km rodados. O carro está com um problema na embreagem do câmbio automatizado. Queixas sobre esse defeito em unidades de 2011 a 2013 do modelo são recorrentes na internet. A autorizada apresentou orçamento de R$ 26.556 para fazer o reparo. Insatisfeito, procurei a central de atendimento da marca, que declarou que o ônus é meu, pois a cobertura de fábrica para o carro expirou. Entendo que o defeito é de fábrica e que a Volvo deve arcar com o reparo, mesmo que o veículo esteja fora da garantia. É inadmissível que um modelo desses apresente, aos 50 mil km, um defeito dessa monta, que representa 40% de seu valor de mercado.
Ricardo Limongi Fernandes, CAPITAL

Volvo responde: a embreagem dupla é um item de desgaste natural do veículo. O carro do leitor tem mais de cinco anos de uso e está fora da garantia há 36 meses.

O leitor optou por pagar pelo reparo, feito por R$ 13.700. Ele não pretende buscar o ressarcimento da despesa na Justiça, o que, em suas palavras, “demanda tempo e gera desgaste”.

Advogado: somente uma ação judicial teria podido verificar, por meio de uma perícia custeada pela montadora, se o defeito no câmbio foi fruto de desgaste natural ou não. Vale lembrar que, além da garantia contratual, a empresa responde pela qualidade do produto durante o tempo de vida útil de seus componentes.

Quer participar? Envie para o e-mail jcarro@estadao.com um resumo de seu problema, informando seu RG, CPF, endereço com município e telefones de contato.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas