Honda Civic de leitor apresenta problemas variados

Além de falhas no mecanismo elétrico dos vidros das portas dianteiras e nos amortecedores, as portas empenaram e o painel emitia ruídos

HONDA CIVIC/ FOTO: FELIPE RAU/ESTADÃO

Meu Civic ano 2017 começou a apresentar defeitos com dois meses de uso. Já teve falhas no mecanismo elétrico dos vidros das portas dianteiras e nos amortecedores. As portas empenaram e ficaram difíceis de abrir e fechar. Há ruídos por toda a extensão do painel, e, mesmo após a peça ter sido desmontada diversas vezes, a concessionária não consegue identificar a causa do problema. Com tantos defeitos, já tentei obter a troca do veículo, mas a autorizada e a Honda não concordaram. Enquanto isso, o tempo passa e temo ser ainda mais prejudicado quando a garantia terminar.
Rafael A. Rabello, BRASÍLIA (DF)

Honda responde: o veículo foi reparado e submetido a teste de rodagem na presença do cliente, que comprovou que os problemas foram solucionados.

O leitor confirma que o carro foi devolvido em boas condições. Mas diz que o ruído no painel voltou pouco depois.

Advogado: a montadora tem de solucionar todos os defeitos em até 30 dias, sob pena de ser obrigada a trocar o carro. O consumidor pode, ainda, optar por cancelar a compra e receber de volta o valor pago, atualizado. Em caso de reaparecimento dos defeitos, aplica-se a mesma regra.

Veja as outras reclamações publicadas na coluna Defenda-se desta semana:

PIRELLI

Pneus com ruído excessivo

Meu Civic com 5 mil km veio com pneus Pirelli Cinturato P7 205/50 R17. Mesmo em baixa velocidade, ouço o barulho dos pneus, como se fossem feitos de plástico e não de borracha, apesar do bom isolamento acústico do carro. Já tive Civic com pneus de marcas diferentes e nenhum com esse problema. Li na internet vários relatos sobre ruído excessivo, descamação e desgaste prematuro dos pneus da Pirelli. A Honda se eximiu de responsabilidade sobre o problema. O funcionário da Pirelli negou a troca das peças em garantia alegando falta de rodízio (desnecessário com tão baixa quilometragem) e mau alinhamento, sem fazer uma verificação técnica. Creio que há defeito de fabricação, ou simplesmente baixa qualidade, e quero receber pneus novos sem ônus.
Ricardo Minoru Horie, CAPITAL

Pirelli responde: estamos verificando o ocorrido.

O leitor diz que a Pirelli manteve a recusa do pedido, sustentando que os pneus não possuem defeito de fabricação. Ele afirma que irá exigir na Justiça a troca das peças sem ônus.

Advogado: em casos desse tipo, há responsabilidade solidária entre a montadora e a fabricante dos pneus. Assim, o leitor pode exigir de cada uma ou de ambas as empresas a troca das peças, ou a apresentação de laudo que ateste a inexistência dos defeitos apontados.

RENAULT CAPTUR

Problemas com a venda especial

Em janeiro deste ano, encomendamos um Captur para meu pai, que é portador de deficiência. O prazo prometido para entrega foi de até 60 dias. No dia 18 de abril, exatos 84 dias após o pedido, a central de atendimento da Renault informou que o prazo passou a ser de 90 a 120 dias, e nada poderia ser feito a respeito. Mas conheço pessoas que fizeram o pedido na mesma época e já receberam o carro. Meu pai teve de adiar uma cirurgia, pois teria dificuldades no pós-operatório sem poder contar com o carro. Para que serve uma central de atendimento ao consumidor que nada faz pelo cliente?
Andreza Cristina Zavagli, CAPITAL

Renault responde: a compra de veículos diretamente da fábrica requer prazo de faturamento de até 120 dias, já que são veículos que ainda serão fabricados ou estão em fabricação. A leitora foi informada a respeito do prazo para entrega do carro.

A leitora diz que, quatro meses depois, ainda não recebeu uma previsão sobre as datas de faturamento e entrega do veículo.

Advogado: uma vez descumprido o prazo de entrega prometido pela montadora, por qualquer motivo, o comprador ganha o direito de cancelar o negócio e ser indenizado pelos gastos com locomoção durante o período do atraso. Mesmo se optar por manter o negócio, ele tem direito à reparação dos danos causados pelo atraso.

Quer participar? Escreva um texto descrevendo o seu problema de forma resumida e envie-o para o e-mail jcarro@estadao.com, juntamente com RG, CPF, endereço com município e telefones de contato. Se possível, informe também o número de chassi e a placa do veículo.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas