Lifan X60 de leitor tem problemas crônicos

Veja esta e outras queixas da coluna Defenda-se desta semana


Lifan X60

LIFAN X60
Defeitos persistentes
Meu X60 comprado novo há três meses apresenta alguns defeitos. O motor falha em acelerações, comprometendo a segurança, a alavanca de seta não volta à posição original depois de acionada e as lanternas traseiras estão com infiltração de água. Levei o utilitário a uma autorizada, mas os problemas não foram resolvidos. Fui a outra concessionária. Após três visitas e cinco dias de espera para testarem o carro, não conseguiram constatar as falhas. Sou idoso, tenho problemas cardíacos, moro em lugar sem transporte público e meu carro está parado na garagem, com apenas 3.700 km. Enviei uma notificação extrajudicial à Lifan, mas não obtive resposta, e preciso de uma solução imediata.
Carlos Alberto Rocha, COTIA (SP)

Lifan responde: o veículo foi devolvido em perfeitas condições.
O leitor confirma a informação e diz que recebeu um carro alugado para usar durante o tempo necessário para os reparos.
Advogado: se o veículo novo tem defeito que compromete a segurança do consumidor, a montadora deve recolhê-lo para fazer o reparo imediatamente e fornecer um veículo equivalente até que sejam concluídos os serviços, como fez a Lifan nesse caso.

HARLEY-DAVIDSON
Falta da chave reserva
Gostaria de expressar minha insatisfação com o atendimento da concessionária Tennessee Highway, em Itupeva. Comprei ali uma Road King seminova e, ao recebê-la, notei que não havia chave reserva. A autorizada se prontificou a solicitar a peça à fábrica nos Estados Unidos. Passados mais de quatro meses, não consigo sequer uma confirmação de que o pedido foi feito. Na semana passada, sugeriram que eu deixasse a chave original da moto com eles por três dias, para que fizessem uma cópia em Campinas. É um absurdo levarem quatro meses para propor essa solução.
Moacir Vicentin Junior, CAPITAL

Harley-Davidson responde: demos máxima prioridade ao caso, tanto na fabricação como na importação da peça. A chave reserva estará disponível para o leitor até o fim desta semana.
O leitor confirma que a marca lhe forneceu a chave reserva.
Advogado: o produto não deve ser entregue ao consumidor com componentes faltando. Ainda que a simples falta da chave reserva não traga prejuízo econômico, a experiência de passar mais de quatro meses à espera da peça é no mínimo desgastante.</EL><EL-8>

FORD FIESTA
Problemas no câmbio
Recebi meu Fiesta 0km e, após rodar 5 km, surgiu no painel um alerta de superaquecimento da transmissão. Além disso, vi que o manual do proprietário já havia sido preenchido com os dados de outro cliente. Liguei para a central da Ford para saber sobre a garantia e fui informado de que o carro estava mesmo em nome da pessoa que preenchera o manual, que havia adquirido aquele veículo um mês antes. Deixei o carro na autorizada e, após retirá-lo no dia seguinte, ele sofreu um “apagão” no meio da rua. Tive de acionar um guincho às minhas custas, pois, no sistema da Ford, o carro havia sido vendido para outra pessoa. De lá para cá, o veículo já teve três embreagens trocadas, mas os problemas do câmbio permanecem.
Marcio Lourenço, CAPITAL

Ford responde: caso resolvido.
O leitor diz que foi feita uma quarta troca de embreagem, mas os indícios de problemas no câmbio reapareceram, com perda sensível de potência do veículo. Ele recebeu uma carta da Ford, avisando que a garantia do câmbio havia sido prorrogada para dez anos, e acredita que terá de fazer uma nova troca de embreagem a cada seis meses, até o fim desse período.
Advogado: quando os defeitos persistem mesmo após o reparo, o consumidor pode exigir a troca do produto por um novo. As repetidas substituições de embreagem, em tão curto intervalo de tempo, apenas reforçam essa conclusão.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas