Blog do HP Hairton Ponciano

Lançamento do BMW X7 foi uma road trip pelos EUA

Roteiro de lançamento do BMW X7 teve 8.600 km, mais de dez para-brisas quebrados, dois pneus furados e mudanças inesperadas de trajeto

BMW X7
Crédito: Trajeto estabelecido para o test drive do BMW X7 começou na Carolina do Sul e terminou na costa oeste, praticamente um mês depois. Foto: BMW/Divulgação

Lançamento mundial de carro é sempre um evento grandioso. Envolve um numeroso staff da montadora, jornalistas do mundo inteiro e bastante dinheiro. Mas o evento mundial feito pela BMW para o test drive do X7 conseguiu superar – e muito – o padrão.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

+ Veja a avaliação do BMW X7

Em pouco mais de 30 anos cobrindo a área, já participei de vários testes em diversas regiões do planeta. Mas poucas vezes vi algo tão grandioso. O test drive normal dificilmente supera os 200, 300 km em um dia. Rodando essa distância, é possível ter uma boa ideia a respeito do comportamento do carro. Como ele anda, como o motor responde, como é o interior, etc.

Para fazer isso, a montadora costuma escolher um ponto central (pode ser um hotel ou um autódromo, por exemplo), e dali o profissional de imprensa sai para seu giro. Normalmente, o roteiro de teste termina no mesmo ponto de partida.

Test drive cruzou 11 estados dos EUA

A BMW fez diferente. Muito diferente. Em vez de estabelecer um roteiro padrão para todos (com início e fim no mesmo local), a montadora alemã fez uma espécie de road trip pelos Estados Unidos. A viagem começou na fábrica onde o modelo é feito, em Spartanburg, na Carolina do Sul, dia 22 de fevereiro. E só terminou em Palm Springs, na Califórnia, do outro lado do país, na costa oeste, dia 21 de março.

E não foi uma viagem pelo melhor (ou menor) caminho. Como pode ser visto no mapa, o roteiro partiu da fábrica e seguiu rumo ao sul do país, na Flórida. De lá, seguiu em marcha para o oeste, primeiramente beirando o Golfo do México e depois margeando a fronteira com o México, até subir e terminar na Califórnia, praticamente um mês depois.

Cada grupo de jornalistas fez um trecho do percurso. No total, foram 220 profissionais de imprensa do mundo todo, divididos em 11 grupos. A mim, coube encarar o trecho número 8, entre El Paso, no Texas, e Phoenix, no Arizona. Em um dia, dirigimos 800 km. É bastante, mas uma fração da road trip total, de cerca de 8.600 km.

Neve forçou mudança de trajeto

Andando tanto assim, acidentes e quebras podem acontecer. E, para essas ocasiões, a BMW preparou três caminhões, equipados com peças de reposição e com oficina móvel. De acordo com a marca alemã, mais de dez para-brisas tiveram de ser substituídos, por terem sido atingidos por pedras na estrada. Quanto aos pneus, a marca informa que houve apenas duas trocas, motivadas por furos.

A BMW utilizou uma frota de 20 unidades do X7 para testes dos jornalistas. Além deles, a equipe de apoio da fábrica (composta por engenheiros, mecânicos, cinegrafistas, etc.) era composta por 50 profissionais.

E, mesmo que a equipe se esmere no planejamento de tudo, há sempre o imponderável, e ele apareceu. Pelo menos em uma ocasião, foi necessário mudar o trajeto um dia antes do test drive, por causa de súbita piora das condições climáticas – leia-se muita neve, o que ocasionou fechamento de estradas.

A montadora não divulgou quanto gastou num lançamento desse porte. Mas certamente vai precisar de vender alguns X7 para pagar a conta.

O jornalista viajou a convite da BMW


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos
Alfa Romeo Stelvio
Poluição França
Ford Ranger e Chevrolet S10
Cadillac CTS
abastecimento de combustível
Honda Civic