Alemanha quer reduzir produção e vendas de SUVs

Políticos querem sobretaxar SUVs porque esse tipo de carro tem consumo maior e são mais poluentes que outros

suvs
LINHA DE PRODUÇÃO DE SUVS NA ALEMANHA Crédito: SUPRI/REUTERS

Os SUVs podem estar com os dias contados na Alemanha. Políticos de três partidos, o SPD (Social-Democrata), da esquerda e do verde querem dar um jeito de diminuir a produção e vendas desse modelo de carro no país.

Segundo a publicação Der Spiegel, o principal argumento dos políticos é como são carros maiores e mais pesados, consomem mais combustível e com isso aumentam as emissões de poluentes. Um dos políticos, Ingrid Remmers, descreveu os SUVs como “tanques completamente superestimados”.

Entre as medidas que estão sendo propostas por políticos dos três partidos estão limitar a frota de SUVs, aumentar os impostos sobre esse tipo de veículo e por quilometragem rodada com um carro dessa categoria.

Além disso, há uma proposta de quem os impostos sobre os veículos sejam estipulados conforme critérios “ecológicos”. A ideia é que carros que poluam menos e sejam mais econômicos tenham menores impostos, enquanto os maiores e, consequentemente, mais poluentes sejam sobretaxados.

“Ao invés de construir carros menos poluentes, a indústria se apoia em carros, particularmente, grandes, pesados e até mais poluentes”, disse Ingrid Remmers, do partido da esquerda. “É um absurdo construir [carros de] 1,9 toneladas para carregar um ser humano com peso médio de 80 kg”, completou.

OS SUVs MAIS VENDIDOS EM MAIO DE 2019:


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas