Redação:

Após alta nas vendas, concessionárias voltam a fechar na Argentina

Com lojas abertas, vendas de veículos novos disparou na Argentina, mas nova quarentena em Buenos Aires fechará concessionárias novamente

concessionárias
Lojas voltarão a fechar em Buenos Aires Crédito: Renault/Divulgação

Depois de reabrir as concessionárias em junho, a Argentina viu as vendas de veículos crescerem nada menos que 120% no mês passado em relação a maio. Os números foram melhores até mesmo que em junho de 2019, o que indicaria uma recuperação no mercado local.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

No entanto, a expectativa de retomada sofreu um novo golpe com a ordem de um segundo fechamento das lojas. As concessionárias na grande Buenos Aires precisarão fechar as portas novamente a partir desta quarta-feira (1). A medida é para conter o novo crescimento no número de casos de covid-19 na região. A capital argentina foi a zona mais afetada pelo coronavírus.

A reabertura só está prevista para o próximo dia 17 de julho, o que deverá impactar novamente nas vendas de veículos no país. Ainda assim, as lojas so abrirão se a nova onda de casos for controlada. Ainda assim, a alta de vendas em relação a 2019 é creditada ao número maior de dias úteis do mês neste ano.

Concessionárias pedem ajuda

Isso fez com que os lojistas registrassem um pedido de ajuda ao governo argentino para manter as empresas em funcionamento. Entre as medidas, facilidades de crédito para a população e para compras de produtos cotados em dólar.

Outra preocupação é que os principais distribuidores de veículos estão localizados na Grande Buenos Aires. O novo fechamento deverá causar problemas mesmo para lojas fora da zona da nova quarentena.

Por aqui, os números também poderão melhorar com a reabertura de algumas cidades, mesmo sem um controle efetivo da pandemia. Mas a subida deverá ser gradual, já que nem todas lojas foram autorizadas a abrir. Além disso, a manutenção das lojas abertas também está condicionada à queda no número de casos de covid-19.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais