Audi RS4 Avant é foguete ‘familiar’ com 450 cv

Com motor V6 biturbo e tração 4×4, quarta geração da Audi RS4 Avant esbanja versatilidade e chega ao País por R$ 546.990

Audi RS4
Crédito: Perua esportiva da Audi é capaz de alcançar 100 km/h em apenas 4,1 segundos, e de chegar a 280 km/h. Foto: Audi/Divulgação

Imagine um carro que pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,1 segundos e chegar a 280 km/h. Se você pensou em um esportivo, acertou, embora isso seja um tanto óbvio. Mas é pouco provável que a imagem que veio à sua cabeça seja a de uma perua. Pois esses números são apenas alguns dos predicados da quarta geração da RS4 Avant, que traz várias melhorias em relação à anterior e chega ao País tabelada a R$ 546.990.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

+ Todos querem o Audi R8

+ TT RS mudou dianteira

Uma das evoluções mais notáveis diz respeito ao motor. O 4.2 V8 aspirado deu lugar ao V6 biturbo de 2,9 litros. Embora tenha os mesmos 450 cv da terceira geração, a nova RS4 conta com 61,1 mkgf (17 mkgf a mais).

O câmbio automático tem oito marchas. É possível fazer trocas de forma manual pela alavanca ou pelas aletas atrás do volante. A tração envia 60% da força para o eixo de trás e 40% para o da frente em condições normais e até 70% e 85%, respectivamente, se for necessário.

A nova Audi é 80 kg mais leve que a antecessora graças à adoção de materiais mais leves na construção. Além disso, o novo V6 pesa 31 kg a menos que o V8.

A perua feita na Alemanha ficou ainda mais ágil, leve e “na mão” do motorista. Na prática, com a nova RS o caminho para a praia parece ser mais curto.

A cabine é ideal para quatro adultos. Atrás, o túnel central alto limita o espaço para um eventual quinto ocupante. Para garantir a viagem em família, o porta-malas tem 505 litros.

Na pista, RS4 voa baixo

No Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), foi possível acelerar a nova RS4 sem pudores. A posição de guiar, rente ao assoalho, permite perceber bem como essa perua é equilibrada sem perder as funções de um carro familiar.

Ao pisar firme no pedal da direita, o forte rugido do V6 invade a cabine. Vale dizer que parte desse som é artificialmente criada por membranas instaladas no escapamento. O ruído é empolgante, mas ainda distante do de um V8.

A entrega de torque ocorre de forma progressiva e avança por uma longa faixa de rotação. O câmbio faz trocas rápidas. Em condução civilizada, as passagens são imperceptíveis.

Há quatro modos de condução: Normal, Sport, Auto e personalizável. Neste é possível ajustar individualmente as respostas de direção, motor, câmbio e tração, além da intensidade do som do escapamento.

A suspensão, 7 mm mais baixa que a da A4 Avant normal, é firme, mas consegue lidar bem com pequenos ressaltos no asfalto. O sistema absorveu bem os impactos mesmo ao passar sobre as “zebras” da pista.

Nas curvas, a carroceria rola pouco. Mérito dos ajustes da geometria do sistema multilink, que mantém a RS4 firme em qualquer situação. Se o motorista abusar, a dianteira tende a escapar, mas não sem “avisar” previamente.

A direção eletromecânica tem a calibragem ideal e passa sensação de segurança em altas velocidades.

Acabamento de primeira qualidade

A cabine tem acabamento caprichado, que inclui detalhes de fibra de carbono. De série, a RS4 traz painel de instrumentos virtual com head-up display, ar-condicionado de três zonas, multimídia com toca-DVDs, navegador GPS e integração a Apple CarPlay e Android Auto. O sistema de som, da Bang&Olufsen, tem 19 alto-falantes.

Os para-choques são largos e há grandes entradas de ar, além de rodas de 20 polegadas. Opcionalmente, há discos de freio de carbonocerâmica (R$ 45 mil) e um pacote com itens de segurança, cujo preço sugerido é de R$ 14 mil.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais