Você está lendo...
Avenida japonesa reabre uma semana após cratera
Notícias

Avenida japonesa reabre uma semana após cratera

Buraco gigante em avenida da cidade de Fukuoka foi coberto em apenas dois dias e via foi liberada ontem

16 de nov, 2016 · 3 minutos de leitura.

 Avenida japonesa reabre uma semana após cratera


Cratera foi preenchida em apenas 48 horas. Em uma semana, via foi liberada

No último dia 8 de novembro, um desastre de dimensões épicas impressionou o mundo: uma cratera com cerca de 30 metros de diâmetro e 15 metros de profundidade interditou uma avenida de Fukuoka, no sul do Japão. O incidente começou com dois buracos enormes na rua, que logo formaram um único, numa cena digna de filmes de ação, ameaçando até mesmo derrubar edifícios próximos.


O que ninguém esperava, porém, é que outra grande surpresa viesse do mesmo local, pouco tempo depois. Em apenas 48 horas, o buraco já havia sido preenchido pelas autoridades locais.

Em uma típica demonstração da eficiência japonesa, operários vararam noites para concluir os serviços. Além de fechar a enorme cratera, foi necessário reparar a tubulação de esgoto e substituir os postes e semáforos que foram engolidos quando ela se abriu. A via foi reaberta ao tráfego ontem, depois que foram feitas as últimas inspeções de segurança.

O incidente provocou cortes no fornecimento de água, gás, energia e telefonia fixa, mas não houve relatos de ferimentos. Acredita-se que o acidente tenha sido causado por obras da expansão do sistema de metrô da cidade. O prefeito de Fukuoka, Soichiro Takashima, garante que o solo do local está 30 vezes mais forte do que era antes.