Redação

11/07/2017 - 3 minutos de leitura.

BMW e Audi viram rivais na Fórmula E

Depois da Audi, a BMW confirmou estreia na Fórmula E, competição de carros elétricos

bmw fórmula E
Fórmula E Crédito: Participação da BMW será em parceria com a Andretti (Foto: BMW)
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Fórmula E está atraindo montadoras, especialmente as alemãs. Enquanto a Mercedes brilha na Fórmula 1, suas duas principais rivais voltam as atenções à corrida de carros elétricos.

Nesta terça-feira (11), a BMW anunciou que vai participar da Fórmula E. A estreia da montadora de Munique será na próxima temporada, que começa em meados de 2018 e termina em 2019.

Já a Audi, que apoia a categoria desde 2014, agora tem equipe de fábrica. Na semana passada, a marca anunciou a compra da equipe ABT.

Desde a primeira temporada da Fórmula E, a Audi já era patrocinadora da ABT. A decisão de ter equipe de fábrica surgiu após a montadora abandonar o Mundial de Endurance (WEC), no fim do ano passado.

No caso da BMW, a participação na F-E será em parceria com a equipe Andretti.

As duas montadoras já são rivais na pista no Campeonato Alemão de Turismo (DTM). Além de Audi e BMW, a Mercedes também participa dessa competição.

 

DESAFIOS NAS RUAS

Diferentemente da F1, na qual a maior parte das corridas é em autódromos, a F-E investe em circuitos de rua. Mundial, a categoria passa por diversos continentes.

A primeira temporada tinha, inicialmente, etapa prevista no Rio de Janeiro. Essa corrida, no entanto, nunca chegou a acontecer.

Assim, a participação da F-E na América do Sul ficou restrita, nos primeiros anos, a Buenos Aires e Punta Del Este, no Uruguai.

No entanto, a “perna” americana da competição será ampliada. Estão previstas etapas em São Paulo e Santiago, no Chile. Na fase europeia, novas etapas também estão nos planos, em Roma e Munique.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais