Bugatti Centodieci custará R$ 36 milhões

Bugatti Centodieci foi apresentado na Califórnia e será limitado a dez unidades

Bugatti Centodieci
Bugatti Centodieci Crédito: Fotos: Divulgação

Bugatti Centodieci. Este é o nome da nova máquina de emblemática fabricante francesa de hipercarros. Para lá de exclusivo, o modelo já tem preço definido.

Limitado a dez unidades apenas, o Bugatti Centodieci será vendido por 8 milhões de euros (valor antes dos impostos) na Europa.

O preço equivale a R$ 36 milhões. O Centodieci foi apresentado pela Bugatti na noite de sexta-feira (16), durante a semana de carros de Monterey, na Califórnia.

O megaevento inclui o encontro de clássicos e concurso de elegância de Pebble Beach.

 

Vídeo relacionado: Teste do McLaren Senna em Interlagos

 

Bugatti Centodieci em detalhes

O novo hipercarro da Bugatti é, na verdade, mais um modelo baseado no Chiron. Ele é inspirado no EB 110, superesportivo dos anos 90 que, por um período, foi o carro mais rápido do mundo.

Do EB 110, o Bugatti Centodieci traz diversos elementos visuais. Entre os destaques há as entradas de ar laterais e a típica ferradura da Bugatti na dianteira.

 

LEIA TAMBÉM

 

Já a traseira abandona a inspiração retrô no carro dos anos 90. Ela é totalmente futurista.

Quanto ao motor, ele é o 8.0 W16 do Chiron, mas com modificações para entregar 110 cv a mais. No Bugatti Centodieci, gera 1.600 cv a 7 mil rpm.

De acordo com informações da fabricante, o carro é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,4 segundos.

Para ir de 0 a 200 km/h, ele leva 6,1 segundos. Já para chegar aos 300 km/h, partindo da imobilidade, são 13,1 segundos.

A velocidade, desta vez, foi limitada eletronicamente. Mas não desaponta: são 380 km/h finais.

A palavra italiana que batiza o carro, Centodieci, significa, em português, 110.

 

Recorde do EB 110

Quanto ao carro que é a inspiração do Bugatti Centodieci, ele atingiu 351 km/h no circuito italiano de Nardo.

O recorde, no entanto, não durou muito tempo. Logo, o EB 110 foi superado por outra máquina italiana dos anos 90, o McLaren F1. O modelo inglês tirou do francês o título de automóvel mais rápido do mundo.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas