C4 Cactus e Jetta têm estreias muito discretas

No primeiro mês de vendas, emplacamentos dos dois modelos não impressionaram

Citroën C4 Cactus
Citroën C4 Cactus Foto: Felipe Rau/Estadão

Os estreantes do mês de outubro ainda não conseguiram impressionar no mercado. Citroën C4 Cactus e o novo Volkswagen Jetta estão somando emplacamentos bastante discretos neste mês.

É o que apontam os dados obtidos pelo Jornal do Carro, com vendas entre 1º e 29 de outubro. No período, o sedã Jetta somou 482 emplacamentos.

Por um lado, esse número já é o segundo resultado obtido pelo Volkswagen em 2018. O Jetta só havia obtido emplacamentos superiores em janeiro, com 649.

Por outro, é um patamar muito abaixo do registrado pelos três sedãs médios que ainda têm vendas relevantes no segmento. No mesmo período, o Corolla ultrapassou os 5 mil emplacamentos e o Civic ficou próximo dos 2 mil. O Cruze teve quase 1.500 unidades vendidas.

 

VEJA TAMBÉM: VOLKSWAGEN T-CROSS

 

C4 Cactus

O novo utilitário-esportivo compacto do mercado brasileiro foi mostrado em agosto. As vendas, no entanto, começaram apenas neste mês.

De 1º a 29 de outubro, o C4 Cactus somou 671 unidades vendidas. O número o deixa abaixo dos utilitários-esportivos que ocupam o fim da lista dos dez mais vendidos do País. Para comparação, no mesmo período o Peugeot 2008 registrou 930 emplacamentos.

O Chery Tiggo teve 903 unidades vendidas e o Honda WR-V, 755.

Outubro ainda não é realidade

Se por um lado C4 Cactus e novo Jetta não surpreenderam, outubro também não é a representação real do potencial desses carros.

Isso porque não pode ser considerado um mês cheio de vendas. Mesmo que os carros tivessem começado a ser entregues no dia 1º, há, no geral, um intervalo entre a entrega e o emplacamento.

Em novembro, a real capacidade dos carros no mercado ficará mais clara. A expectativa da Citroën é vender pouco mais de 1.600 unidades do C4 Cactus ao mês em 2019. Isso porque a marca espera comercializar o total de 20 mil exemplares nos 12 meses do ano que vem.

No caso do novo Jetta, o número mensal é de cerca de 1.200 unidades. Isso porque, durante o lançamento, a Volkswagen informou que, para 2019, a meta era dobrar o volume em relação a 2017, ano em que o Jetta teve cerca de 7.700 emplacamentos.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas