Notícias

Carro autônomo do Uber passa por seis faróis vermelhos

Em anonimato, funcionários da empresa detalharam o comportamento errôneo do veículo

03 de mar, 2017 · 3 minutos de leitura.

Carro autônomo do Uber passa por seis faróis vermelhos
Crédito: Em anonimato, funcionários da empresa detalharam o comportamento errôneo do veículo


Segundo funcionários, Volvo XC90 autônomo passou por seis faróis fechados

Em dezembro de 2016, um Volvo XC90 do Uber, que deveria andar de forma autônoma em São Francisco, na Califórnia, durante testes foi pego ultrapassando um farol vermelho. Agora, funcionários da empresa falaram ao jornal The New York Times que, de acordo com documentos internos, o carro teria passado por outros cinco sinais fechados.

Em um comunicado, a porta-voz do Uber, Chelsea Kohler, afirmou que, na ocasião, o motorista deveria ter assumido o controle do veículo. “Nossa tecnologia de direção autônoma pediu por uma intervenção humana. O motorista teve tempo para tomar o volante, mas falhou em parar o carro antes da faixa de pedestres.”

Os testes do Uber com a funcionalidade já foram alvo de outra polêmica. Segundo os funcionários que conversaram com o Times, o departamento de direção da Califórnia (DMV) teria informado que a companhia precisava de uma permissão para testar carros autônomos nas ruas de São Francisco. Apesar da necessidade de autorização governamental, a empresa começou os experimentos nas vias. Após negar um pedido do DMV de paralisar os testes, o Uber transferiu seu programa de autônomos para o Arizona.

Outras empresas já se envolveram em polêmicas com carros autônomos. Um acidente envolvendo um veículo da Tesla, por exemplo, causou uma morte.