Você está lendo...
Carro é apreendido pela polícia 30 segundos após sair da concessionária
Notícias

Carro é apreendido pela polícia 30 segundos após sair da concessionária

Após quase colisão com viatura de polícia foi constatado que Renault Megane trafegava sem seguro, o que é proibido pela lei local

Vagner Aquino

01 de dez, 2020 · 3 minutos de leitura.

polícia
Twitter oficial da polícia local informou que apreensão foi feita por falta de seguro
Crédito:Reprodução/Internet
polícia

Apreensões de veículos pelos mais diversos motivos são situações corriqueiras em qualquer parte do mundo. Mas, na Inglaterra, aconteceu um fato para lá de inusitado. Um homem comprou um Megane, na Renault, que foi rebocado pela polícia só 30 segundos após receber o automóvel. O caso aconteceu na cidade de Northampton.

O fato é que o motorista, logo após deixar a concessionária, quase colidiu com o para-choque dianteiro de um carro da polícia local. Por causa do episódio, os agentes pararam o veículo. Nisso, descobriram que o carro não tinha contrato de seguro. Imediatamente, foi feita a apreensão, conforme informou o post publicado no Twitter da corporação.

Mas o que isso tem a ver? Tudo! Afinal, na Inglaterra, a lei não permite que automóveis rodem sem seguro em qualquer via pública. Como punição pelo desrespeito, o motorista pode receber multa de 300 libras (equivalente a R$ 2.110) e levar seis pontos na carteira de habilitação. A apreensão e até a destruição do veículo são previstas pela legislação britânica.


Motivo alegado pela polícia

Isso acontece porque pesquisas sugerem que motoristas que não possuem seguro veicular ficam mais propensos a se envolverem em colisões e demais infrações de trânsito. De olho nisso, a polícia local está realizando uma campanha de segurança no trânsito que visa reduzir o número de acidentes em vias públicas.

De acordo com dados, desde o início da campanha, em outubro, foram detectados 366 crimes contra o trânsito e um total de 64 veículos apreendidos por falta de seguro. Dirigir sem carteira de habilitação já rendeu 19 detenções de motoristas.

policia
Reprodução/Twitter/@NNSpecials

"Este veículo quase bateu de frente com o nosso motor. O motorista disse aos policiais que havia trazido o carro 30 segundos atrás e, pela primeira vez, isso era verdade. Infelizmente, arriscou-se sem fazer o seguro. E todos vocês sabem o que acontece a seguir.. #Apreendido", dizia o tweet da polícia.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se