Carros que devem ganhar versões elétricas ou híbridas em breve

Modelos conhecidos passarão a ter versões totalmente elétricas ou terão novas versões na gama

elétricas
Marcas vão direcionar novas linhas para versões híbridas e elétricas Crédito: Tobias Schwarz/Reuters

A Porsche vai fazer mudanças importantes na linha do Macan. O modelo ganhará uma nova geração em breve, mas com versões totalmente elétricas. O modelo deverá ser mostrado em 2021, mas a produção não deve começar antes de 2022, com as primeiras entregas apenas em 2023.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O novo Macan elétrico deverá ganhar plataforma nova, a PPE, desenvolvida em conjunto com a Audi. A nova base também estará no novo Audi e-tron GT. No entanto, detalhes técnicos ainda são escassos sobre o novo carro.

São esperadas várias versões, com a de topo, Turbo, entregando cerca de 700 cv. Ainda não há informações sobre tamanho de bateria ou autonomia do novo Macan.

O SUV da Porsche, no entanto, continuará tendo versões com motores a gasolina. Inicialmente, era previsto que o modelo tivesse apenas motores elétricos, mas a Porsche recuou e ainda oferecerá propulsores convencionais. O Macan é o carro mais vendido da marca, e a Porsche poderia desagradar seus compradores.

Novos elétricos e híbridos

O modelo não é o único que deve ganhar versões elétricas em breve. Outro nome bem conhecido que deverá ganhar uma versão híbrida é o Chevrolet Corvette. A nova geração do modelo não apenas é a primeira com motor central, como também terá uma opção híbrida em breve.

Algumas unidades já foram flagradas em testes dinâmicos nos Estados Unidos, mas pouco ainda se sabe sobre o modelo. Um “super” Corvette híbrido é aguardado, para a versão ZR1. Ela deverá ter auxílio elétrico para entregar cerca de 900 cv. No entanto, as unidades flagradas aparentam menos poderio.

A Chevrolet ainda é discreta sobre o lançamento de um Corvette híbrido. No entanto, uma análise rápida permite adiantar que o projeto seria possível. A plataforma da nova geração tem um espaço considerável no túnel central do esportivo. A localização é uma das mais usadas para colocação de baterias de um sistema híbrido.

Classe G elétrico?

Já a Mercedes-Benz trabalha numa versão totalmente elétrica do icônico Classe G. As intenções foram reveladas no Twitter pelo chefe de Transformação Digital da marca, Sascha Pallenberg. O executivo citou o próprio CEO da Daimler, Ola Kallenius, que confirmou o desenvolvimento do Classe G elétrico.

O modelo fará parte da linha EQ de elétricos e híbridos da marca. Kallenius já havia confirmado um investimento de US$ 11 bilhões na ampliação da gama EQ. O CEO também afirmou que atpe 2022 a Mercedes-Benz deve lançar mais de dez modelos totalmente elétricos. Por enquanto, nenhum detalhe técnico do G elétrico foi revelado.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais