Você está lendo...
Carros são retirados de edifício garagem incendiado em Liverpool
Notícias

Carros são retirados de edifício garagem incendiado em Liverpool

Processo envolvendo seguradoras de quase 1.200 veículos queimados em grande incêndio chega ao fim e carros podem ser retirados de prédio em ruínas

Redação

23 de nov, 2018 · 2 minutos de leitura.

carros
Prédio ficou totalmente destruído após incêndio de grandes proporções na noite de ano novo de 2018
Crédito:Foto: Phil Noble/Reuters
carros

A administração da cidade de Liverpool, na Inglaterra, finalmente conseguiu um acordo com as seguradoras dos quase 1.200 carros que queimaram num edifício garagem da cidade. O prédio ficou totalmente destruído num incêndio que ocorreu na noite de ano novo deste ano.

A estrutura do prédio de sete andares ficou bastante comprometida, o que dificultou a retirada dos veículos. Conforme o acordo, os carros serão levados para uma área segura. No novo local, os proprietários poderão enfim recolher objetos pessoais que tenham sobrevivido ao fogo. Centenas de veículos ficaram totalmente destruídos.


O edifício será demolido para a construção de um novo estacionamento vertical. O incêndio foi considerado um dos piores já enfrentados pelos bombeiros de Liverpool. Segundo a entidade, as temperaturas dentro do prédio podem ter atingido os 1.000°C.

Quantidade de carros foi empecilho

"Encontrar uma maneira de colocar o edifício garagem abaixo foi um trabalho complexo que colocou a segurança pública em primeiro lugar", pontuou o prefeito de Liverpool, Joe Anderson, numa entrevista à BBC. O maior problema, que gerou a demora na solução do imbróglio envolvendo as seguradoras, foi a quantidade de processos que precisaram ser instaurados para a liberação de cada veículo afetado pelo incêndio.