Chefão da FCA mostra projeto rejeitado para novo Dodge Charger

Desenho de novo Charger foi rejeitado por incorporar elemento de design pouco popular entre cúpula da marca

charger
Novo Charger será radicalmente diferente Crédito: FCA/Divulgação

O chefão de design da FCA, Ralph Gilles, vem aproveitando o período de quarentena para revelar algumas curiosidades pela internet. Uma delas foi um projeto para a próxima geração do Dodge Charger que foi rejeitado pela cúpula da marca.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Segundo Gilles “nunca mostramos produtos futuros em redes sociais. Mas fiz uma exceção para esse desenho experimental de um Dodge do futuro que não sairá do papel”. A proposta foi rejeitada por um motivo relativamente simples. O desenho apresentado integrava as proteções do spoiler frontal ao carro.

O designer certamente se inspirou nos donos de Charger que deixam as proteções instaladas na fábrica de forma permanente. No entanto, elas foram projetadas para serem retiradas antes da entrega do carro ao comprador.

Embora a correção desse “defeito” possa ser simples, a fala do designer chefe da FCA mostra o descontentamento da marca com a prática adotada por vários compradores.

Novo Charger

Em todo caso, o protótipo mostra um Charger bem diferente do modelo atual. O carro em produção, aliás, praticamente não mudou desde o lançamento, em 2005. O conceito tem carroceria mais baixa, dianteira agressiva e grade frontal mais próxima do chão. Os faróis são filetes de LED e a cabine chama atenção pelo vidro curvo do parabrisa, que se encontra com do vidros das portas.

O carro de produção deverá ter linhas menos radicais e chegará às ruas em 2023.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas