Você está lendo...
Chevrolet Camaro será mantido em linha até 2026
Notícias

Chevrolet Camaro será mantido em linha até 2026

Com fim inicialmente programado para 2023, muscle car da GM deve ser mantido até 2026 no mercado, mesmo com vendas em baixa

José Antonio Leme

01 de jan, 2021 · 4 minutos de leitura.

camaro
CAMARO PARECE QUE TERÁ SOBREVIDA ATÉ 2026
Crédito:CHEVROLET

Em junho de 2020, noticiamos o fim do Chevrolet Camaro. Não para agora, mas para 2023. O motivo seria a queda das vendas do modelo nos últimos anos. Na época a marca negou a afirmação e disse que o modelo seria mantido, inclusive ganhando alterações que você pode conferir no vídeo abaixo.

Agora, novas notícias sobre o fim do Camaro chegam, com um tempo um pouco mais longo para o "canto do cisne" ocorrer: 2026. As informações são da publicação australiana, Wheels. A argumentação da publicação é que, como o muscle car vai retornar para o mercado australiano para competir no Campeonato de Supercar em 2022, não faz sentido encerrar a vida do modelo nas ruas e mantê-lo nas pistas.



O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Queda nas vendas é o motivo do possível fim

Nos Estados Unidos, o maior mercado do Camaro, no terceiro trimestre de 2020, ele vendeu 22.226 unidades. Para o padrão, a Chevrolet considera vendas tímidas. Se comparado ao ano anterior, é o um recuo de 39,6% no mesmo período. Como comparação, o rival Ford Mustang vendeu quase o dobro durante o mesmo período.

Se realmente deixar de ser produzido, será a segunda interrupção, ou fim realmente, do Camaro. A primeira vez que ele deixou de ser produzido foi entre 2004 e 2009.

Nesse hiato, a GM não tinha confirmado o retorno de uma nova versão às ruas e o carro simplesmente deixou a lacuna. O retorno se deu com o "Camaro Transformers", como ficou conhecido e que foi o primeiro importado oficialmente ao Brasil.


CHEVROLET

Camaro 2020 no Brasil

Ele chegou ao País em outubro de 2020. O cupê agora sai por R$ 381.700 e o conversível por R$ 427.200. Em outubro custavam 377.900 e R$ 422.900, respectivamente. E quando chegaram já vieram cerca de R$ 11 mil e R$ 14,5 mil mais caros que o Camaro 2020 com o visual antigo.

O Camaro 2020 tem faróis de LEDs com ajuste automático de altura, sete air bags, alerta de ponto cego, bancos com ajuste elétrico e sistema de aquecimento e refrigeração. Completam o pacote, câmera traseira integrada ao espelho retrovisor, alerta de tráfego cruzado, teto solar e sistema de som Bose.


A mecânica é a mesma. O V8 6.2, aspirado, a gasolina, que entrega 461 cv e 62,9 mkgf. O câmbio é o automático de dez marchas criado em parceria com a Ford e que também equipa o Mustang. O V8 tem sistema de desativação de até quatro cilindros em velocidade de cruzeiro para economizar combustível.

O Camaro 2020 traz ainda controle de largada, vetorização de torque, controles de tração e estabilidade e o modo ?Circuito?, para uso em pista. Os outros três disponíveis são o Passeio, Esporte e Neve/Gelo.

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier
Oferta exclusiva

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier

Deixe sua opinião