Você está lendo...
Chevrolet Tracker 2022 perde câmbio manual e preço beira R$ 110 mil
Mercado

Chevrolet Tracker 2022 perde câmbio manual e preço beira R$ 110 mil

Apenas com câmbio automático de 6 marchas, SUV compacto da Chevrolet tem tabela a partir de R$ 109.970; motorização continua 1.0 turbo ou 1.2 turbo

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

03 de jan, 2022 · 4 minutos de leitura.

recall
Latin NCap afirma ter constatado defeito no Chevrolet Tracker durante testes de colisão
Crédito:Chevrolet/Divulgação

O Chevrolet Tracker 2022 não tem câmbio manual. No catálogo do site da marca, a versão mais simples agora é a Automático Turbo 116 cv. Ou seja, toda a linha do SUV compacto vem com a transmissão automática de seis velocidades. Assim, agora a configuração mais barata tem preço sugerido de R$ 109.970. Portanto, é R$ 4.630 mais cara que a opção equivalente da linha 2021.

A segunda opção do Tracker, a LT automática, tem preço de R$ 115.470. Já no modelo LTZ, o SUV compacto sai por R$ 125.120.

Por fim, as configurações Premier e Premier com motor 1.2 turbo custam, respectivamente, R$ 134.560 e R$ 143.920.


Motorização igual

Embora não ofereça mais a opção de câmbio manual, a motorização da linha 2022 do Tracker permanece igual. No portfólio, o 1.0 turbo de três cilindros e até 116 cv de potência equipa as quatro primeiras versões. Já o 1.2 turbo de até 133 cv e 21,4 mkgf é disponível apenas na opção topo de linha, Premier.

Chevrolet
Chevrolet/Divulgação

Cabe salientar que a linha 2022, apesar da retirada do câmbio manual, não alterou a lista de equipamentos do Tracker. Desde a versão de entrada, o modelo oferece, a princípio, 6 air bags, assistente de partida em rampas, controles de estabilidade e de tração, ar-condicionado, computador de bordo e volante multifuncional. Para o entretenimento, o Chevrolet MyLink oferece tela sensível ao toque com 8" e integração com smartphones por meio do Android Auto e Apple CarPlay.


Spin também fica sem câmbio manual

Assim como o Tracker, nada de câmbio manual na Spin. Nesse sentido, o modelo mais barato é o LS, de R$ 97.340. A versão mais cara, Activ 7 (com 7 assentos) custa R$ 120.050.

GM
Chevrolet/Divulgação

A GM afirma que o modelo com câmbio manual está sendo reconfigurado para atender às novas demandas do consumidor. Mas o fato é que o modelo vem sendo retrabalhado para se adequar ao Proconve L7, em vigor desde o dia 1 de janeiro.


Desse modo, a Spin conta com o motor 1.8 de até 111 cv e 17,7 mkgf. Para completar a mecânica, o câmbio é automático de 6 marchas, com conversor de torque.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Atualizado em 5/1 às 12h47