Changan: veja quem é nova marca chinesa da Caoa

A Caoa, que irá produzir modelos da Changan na fábrica da Ford, vai mirar em utilitários-esportivos e híbridos

Changan CS35
Changan CS15 é o menor SUV da marca, e pode ser um candidato a ser feito em São Bernardo do Campo Crédito: Changan/Divulgação

A Caoa vai montar carros da chinesa Changan na antiga fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo, São Paulo. Embora ainda não se saibam quais modelos serão feitos, é certo que o enfoque estará nos SUVs compactos. De acordo com informações obtidas pelo Jornal do Carro, a Changan deverá lançar SUVs “mais baratos que os da Chery”. A Caoa, a propósito, monta também os carros da Chery em duas fábricas. De Jacareí (SP), saem o sedã Arrizo 5, o SUV compacto Tiggo 2 e o hatch subcompacto QQ. Da planta de Anápolis (GO), vêm os SUVs Tiggo 5X e 7.

Mas esqueça a Changan que esteve no Brasil entre 2006 e 2016. A marca chinesa chegou ao País em meados da década passada, trazendo pequenos veículos comerciais sob a marca Chana. Havia a Chana Cargo (picape), Utility (furgão) e Family (van de passageiros). Em 2011, a empresa trocou o nome Chana por Changan, mas sem grandes resultados práticos sobre as vendas. Como resultado, a companhia acabou abandonando o mercado.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

+ Veja em que pé estão as negociações

Changan tem ampla linha de automóveis

A Changan dispõe de uma ampla linha de SUVs, sedãs, peruas, monovolumes e carros eletrificados (entre híbridos e elétricos). Como as pistas iniciais indicam o caminho dos SUVs, um dos modelos pode ser o compacto CS15. Este carro tem 4,13 m de comprimento e entre eixos de 2,52 m. Como comparação, ele é 7 cm mais curto que o Caoa Chery Tiggo 2 (4,2 m). Além disso, tem 3 cm a menos no entre eixos (2,55 m do Tiggo 2).

Na China, ele tem motor 1.5 turbo de 170 cv, e está disponível com duas opções de câmbio: manual ou automatizado de dupla embreagem, ambos com cinco marchas. A fonte ouvida pelo JC informa que os automóveis eleitos virão com motores flexíveis. Na sequência, a marca deverá investir também em modelos híbridos.

Changan CS35

Na sequência, em ordem crescente, a empresa tem o CS35. O modelo tem 4,16 m de comprimento e 2,56 m de entre eixos. Ou seja, apenas um pouco maior que o CS15. O motor 1.6, no entanto, é menos potente: dependendo da versão, rende de 124 a 155 cv. Entre os principais itens, há botão de partida, sistema start-stop (desliga o motor em paradas de semáforo, por exemplo) e assistente de estacionamento.

Changan CS55

Outro modelo que pode estar na mira da Caoa é o CS55. O SUV tem 4,5 m de comprimento e 2,65 m de entre eixos. São medidas muito semelhantes às do Caoa Chery Tiggo 7 (respectivamente 4,5 m e 2,67 m). O motor 1.5 de quatro cilindros rende 156 cv de potência e 23 mkgf de torque.

Entre os destaque, há sistema elétrico de 48 Volts, capaz de reaproveitar energia com o objetivo de economizar combustível. Além disso, o modelo dispõe de controlador de velocidade capaz de acompanhar o ritmo do tráfego (ACC), câmera que lê sinalização de trânsito, leitor de faixa de rolamento, etc.

A extensa gama de opções de SUVs (são dez, no total) chega até o CX70T (foto abaixo), que dispõe de sete lugares e tem 4,7 metros de comprimento. O motor é o mesmo 1.5 turbo dos modelos menores. Rende 148 cv de potência e 23,4 mkgf de torque.

Marca é antiga

Em mandarim, Chang significa duradouro, enquanto An quer dizer segurança. A produção de automóveis de passeio começou há 35 anos, o que faz da marca uma das mais antigas no ramo na China.

Antes disso, no entanto, em 1959 a Changan produziu jipes Type 46 (idênticos ao Jeep-Willys) sob licença para o governo chinês. O primeiro veículo de passeio surgiu em 1984, batizado de Star. A empresa entrou no segmento dos SUVs em 2012, com o CS35.

Além de produzir seus próprios automóveis, a Changan tem parceria também com a norte-americana Ford e com a japonesa Mazda. Para isso, foram criadas as joint ventures Changan Mazda e Changan Ford.

A empresa também já desenvolveu protótipos autônomos, como o Raeton, um sedã que foi apresentado em 2016, em Pequim, na China (abaixo).

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas