Clientes de carrões estão alheios à crise do setor

Modelos com preços muito altos e oferta limitada esgotam antes mesmo de desembarcar no mercado brasileiro

crise
BMW M340xDrive Crédito: BMW

Recém-lançados em programas de pré-venda, dois modelos alemães chamaram a atenção nas últimas semanas. Não apenas pelos motores potentes, preços para lá de salgados e número reduzido de unidades destinadas ao Brasil, mas por terem esgotado antes de chegar. Estamos falando do sedã BMW M340i xDrive First Edition e do cupê Audi R8.

O mais “barato” é a edição de lançamento do BMW, limitada a 340 unidades, com preço sugerido no Brasil de R$ 439.950. Todas as 20 unidades destinadas ao País já foram reservadas. O caso do R8 é ainda mais emblemático. Na linha 2021, a Audi do Brasil decidiu oferecer o carro apenas por meio do que o mercado costuma chamar de “pedido firme”.



Não há estoque nas concessionárias. Para comprar uma das unidades (a marca não revelou o número disponível), os interessados deveriam fazer o pedido até o dia 14 de maio. Resultado: vendeu todas. O detalhe é que a linha 2021 do Audi R8 tem preço sugerido a partir de R$ 1.234.990. Isso porque o superesportivo pode ser totalmente personalizado pelo comprado. E o preço muda conforme os itens escolhidos.

Para o consultor da ADK Automotive, Paulo Garbossa, o atual momento é propício à venda desse tipo de carro. “As aplicações não estão rendendo nada. Então, para alguns essa é a hora de fazer um gosto. Como diz o ditado: ‘Mais vale um gosto que dinheiro no bolso’.”

Na nova linha, o R8 está sendo oferecido apenas na configuração cupê – a conversível não está disponível para o Brasil. De qualquer modo, estamos falando de um supercarro, cujas vendas normalmente já são bastante limitadas no País. Em 2018, por exemplo, foram emplacadas 14 unidades do cupê e uma do Spyder no Brasil. No ano passado, foram apenas três do cupê. A diferença se deve à espera pela chegada da linha 2021. Tanto que nenhum R8 foi licenciado aqui em 2020.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Exclusividade

Embora sejam diferentes em preço e proposta, tanto o sedã esportivo da BMW quanto o supercarro da Audi são modelos exclusivos. No Brasil e no exterior.

O M340i xDrive First Edition tem motor de 3 litros e seis cilindros em linha a gasolina que gera 387 cv de potência e mais de 50 mkgf de torque máximo. O câmbio é automático de oito marchas com opção de trocas manuais. Com esse conjunto o sedã acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. A velocidade é limitada a 250 km/h.

Entre os destaques estão itens como suspensão com calibragem exclusiva e sistema eletrônico de gerenciamento da tração nas quatro rodas e da assistência da direção, que oferece respostas bastante diretas.

No caso do R8, o comprador pode personalizar até dez diferentes itens. Além da cor da carroceria e do tipo de acabamento da cabine, dá para escolher até a cor do logotipo da Audi, o desenho das rodas de liga leve de 20 polegadas e das pinças de freio, por exemplo.

De acordo com informações da fabricante, são quase 1,6 milhão de combinações possíveis. Isso permite um nível de personalização bastante específico. “O cliente poderá configurar o modelo exatamente do jeito que quiser antes mesmo de entrar na linha da produção. Estamos elevando ainda mais seu caráter exclusivo”, diz o CEO e presidente da Audi do Brasil, Johannes Roscheck.

AUDI

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais