Você está lendo...
SUV Dacia Bigster, irmão maior do Duster, é fotografado em Praga
Notícias

SUV Dacia Bigster, irmão maior do Duster, é fotografado em Praga

Flagra aconteceu na saída de estacionamento durante conferência com imprensa e concessionários; modelo está confirmado para o Brasil

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

03 de fev, 2022 · 4 minutos de leitura.

Bigster
Bigster terá versão Renault e chegará ao Brasil com motorização eletrificada
Crédito:Auto.cz/Reprodução

Faz um ano que a Dacia, marca romena do grupo Renault, revelou o Bigster, seu inédito SUV de 7 lugares. Maior que o Duster e confirmado para o Brasil pelo CEO da montadora francesa, Luca de Meo, o Bigster foi mostrado como conceito apenas por fotos. Pois, nesta semana, o modelo foi flagrado ao vivo e a cores em Praga, na República Tcheca, saindo do local onde Dacia e Renault promoveram um evento para anunciar os planos da marca romena para os próximos anos.

Após o anúncio para a imprensa, as marcas receberam a rede de concessionários. É provavelmente para eles que o Dacia Bigster foi exibido. Previsto para estrear em 2023, o novo SUV terá uma versão da Renault, tal como o Duster.

Pela imagem, o Bigster - que saía do estacionamento do evento - tem forte semelhança com a configuração exibida até o momento (por imagens oficiais). Nesse sentido, leva-se a crer que o Bigster de produção tem design muito próximo do conceito apresentado. Até detalhes como rodas, para-choques e retrovisores são iguais.


Bigster
Dacia/Divulgação

De acordo com informações do site Auto.cz, logo após o flagra, o veículo foi coberto rapidamente e recolocado na garagem. Durante a apresentação, os revendedores não puderam fotografar a novidade, como de praxe acontece nesse tipo de evento.

Planos

Aqui no Brasil, o utilitário ficará acima do Captur, na faixa dos R$ 150 mil. E, assim, deve aposentar o irmão Duster - feito em São José dos Pinhais (PR) - que já tem mais de dez anos de estrada. O SUV, em síntese, chega para renovar os modelos do segmento C, com visual robusto e aptidão fora-de-estrada. Seu comprimento é de 4,6 metros.


Dacia/Divulgação

As dimensões generosas prometem interior bastante espaçoso e confortável. Por fim, visualmente, como é possível ver nas imagens, a assinatura do conjunto ótico em forma de "Y" destaca o estilo arrojado do Bigster.

Bigster
Dacia/Divulgação

O utilitário da Dacia é feito sobre a plataforma CMF-B, da Alliance (que une Renault, Nissan e Mitsubishi desde 2016). Assim, é possível cravar que o Bigster pode chegar tanto com versões híbridas (tradicional e plug-in) quanto elétrica. Essa estratégia, além do "plus" dos dois assentos extras, certamente visa roubar clientes do Toyota Corolla Cross.

O objetivo da Renault, portanto, consiste em deixar o Bigster mais interessante que o bem-sucedido Jeep Compass. E, em oferta de lugares, próximo ao Hyundai Alcazar, que deve vir ao Brasil neste ano.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se