Daimler vai investir 10 bilhões de euros em carros elétricos

Grupo que controla as marcas Mercedes e Smart estima que, em 2025, 25% das vendas totais serão representadas por veículos movidos a eletricidade


Versão final do Generation EQ está confirmada

A Daimler, montadora que controla as marcas Mercedes-Benz e Smart, vai investir 10 bilhões de euros (cerca de R$ 36,4 bilhões) no desenvolvimento de modelos elétricos. O objetivo é ampliar a gama de modelos movidos a eletricidade para dez produtos até 2025.

Também nessa data, a expectitiva é que os elétricos representem 25% dos produtos vendidos pelas marcas da empresa. As declarações foram feitas pelo chefe do departamento de desenvolvimento de produtos da Daimler, Thomas Webber, em entrevista ao jornal alemão Stuttgarter Zeitung – de Stuttgart, cidade que é sede da montadora.

Do total de dez modelos, três serão da marca Smart. De acordo com Webber, os novos Smart elétricos terão autonomia para rodar até 700 quilômetros a cada recarga de sua bateria.

Outros serão da nova submarca EQ, anunciada no Salão de Paris, no início de outubro, e dedicada exclusivamente a carros elétricos. A previsão é que essa nova divisão comece a operar em 2020 para concorrer com a “i”, da BMW.

A submarca da BMW, no entanto, se dedica também a híbridos – caso do esportivo i8, enquanto o hatch i3 é totalmente elétrico.

Está confirmada a produção em série do Generation EQ, conceito também revelado no Salão de Paris. O modelo conceitual tem 500 km de autonomia, mas não foi revelado se a versão final entregará o mesmo alcance.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas