Notícias

Dieselgate: Bosch é multada em mais de R$ 400 milhões

Companhia de autopeças forneceu softwares que permitiram burlar testes de emissão de diesel. Maior parte da multa da Bosch virá do lucro na venda de peças a carros envolvidos

Redação

24 de mai, 2019 · 3 minutos de leitura.

bosch" >
Multa milionária será para cobrir danos causados por software fraudulento instalado em modelos da VW
Crédito: Foto: Lisi Niesner/Reuters

Procuradores alemães multaram a companhia de autopeças e tecnologia Bosch em 90 milhões de euros (R$ 407 milhões). A razão é o papel desempenhado pela empresa no escândalo de emissões de diesel que atingiram a Volkswagen em 2015. O caso ficou conhecido como Dieselgate.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Os procuradores disseram na quarta-feira, em Stuttgart, na Alemanha, que a companhia, formalmente chamada de Robert Bosch GmbH, foi multada por violação negligente das obrigações de supervisão. Falaram também que a empresa decidiu não recorrer da decisão.

A Bosch entregou milhões de sistemas de controle de motor que foram instalados em várias carros desde 2008. O softwares, segundo os procuradores, ?continham, em parte, estratégias proibidas?, levando os veículos a ‘enganarem’ os testes de emissões.

Com isso, eles emitiam mais óxido de nitrogênio do que o permitido por lei.

No entanto, os procuradores disseram acreditar que ?a iniciativa de integrar e moldar as estratégias proibidas veio dos funcionários da fabricantes de carros (no caso, a Volkswagen).?

SIGA O JORNAL DO CARRO NO INSTAGRAM

Funcionários da Bosch ainda podem responder

Eles afirmaram que a multa não afeta as investigações criminais em andamento contra os funcionários da Bosch. A maior parte da multa, 88 milhões de euros (R$ 398 milhões), vem de lucros na venda das peças. Os 2 milhões de euros (R$ 9 milhões) restantes cobrem a própria contravenção.

Os procuradores disseram também que contaram com a total cooperação dos gerentes da Bosch com os investigadores desde 2015.

A Bosch também concordou com um acordo civil de US$ 327,5 milhões (R$ 1,325 bilhão) nos Estados Unidos por fornecer para veículos da Volkswagen, Audi e Porsche os softwares que permitiram burlar os testes de emissão de diesel.

O escândalo das emissões de diesel já custou à própria Volkswagen bilhões de euros.

o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x