Redação:

Fiat tira de linha o 500 com motor 1.4 aspirado nos EUA

A partir do modelo 2018, a Fiat irá oferecer o subcompacto retrô 500 nos Estados Unidos somente com motor 1.4 turbo, além da opção elétrica (500e)

Fiat 500 Abarth
Crédito: Abalando as estruturas: nas versões Pop e Lounge, o Cinquecento virá com motor 1.4 turbo de 137 cv. Na esportiva Abarth (foto), o mesmo motor rende 162 cv.

A Fiat deixou de oferecer o 500 com motor 1.4 aspirado nos Estados Unidos. A partir da linha 2018, o subcompacto de estilo retrô será vendido apenas com motor 1.4 turbo, além da versão elétrica, 500e (o 500 elétrico é vendido somente em dois estados do país, Califórnia e Oregon).

Os modelos, que são produzidos no México (mesma origem do carro vendido no Brasil), serão oferecidos com motor 1.4 MultiAir turbo desde as versões de entrada. Lá, o 500 é vendido nas configurações Pop, Lounge e na esportiva Abarth.

Nas duas versões mais “mansas” do 500, o motor rende 137 cavalos, um aumento de 33% de potência em relação ao 1.4 aspirado oferecido na linha 2017. De série, a transmissão é manual de cinco marchas. Opcionalmente, há a transmissão automática de seis marchas.

Na versão esportiva Abarth, a potência foi mantida em 162 cv. Uma das novidades é que o comprador do modelo ganha uma aula de pilotagem da equipe de Bob Bondurant.

Junto com o up grade na motorização, o modelo, previsto para chegar aos EUA no segundo trimestre, vem com rodas aro 16, nova calibração de suspensão e freios mais potentes, além de pequenas mudanças estéticas, para realçar a pegada mais esportiva. É o caso das saias laterais e do novo defletor de ar na traseira.

Além do 500, a linha Fiat nos EUA inclui ainda os modelos 500L, o crossover 500X e o roadster 124 Spider.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Fiat Nova Strada Endurance Cabine Plus 1.4 Flex