Você está lendo...
Fiesta Sedan leva título de sedã premium
Notícias

Fiesta Sedan leva título de sedã premium

Boa dirigibilidade é o principal trunfo do modelo da Ford

27 de ago, 2014 · 3 minutos de leitura.

 Fiesta Sedan leva título de sedã premium


Três volumes ganhou reestilização em 2013

O Fiesta sedã é um daqueles carros bons de dirigir, que por vezes passam a impressão de serem até menores do que de fato são. O Ford encanta por ter dirigibilidade bem superior à dos rivais. Basta uma sequência de curvas rápidas para mostrar a que veio, com um ajuste fino de suspensão e um comportamento dinâmico muito bom.


As mudanças de direção são bem controladas e há pouca rolagem da carroceria, enquanto o motorista tem total controle das reações do sedã.

Além disso, como o hatch, ele se sobressai aos rivais pela tecnologia embarcada. Com tabela inicial de R$ 53.190, traz única versão de motor, o 1.6 de 130 cv, com comando variável de válvulas duplo. O programa eletrônico de estabilidade (ESP) é item de série.

Também de fábrica é o câmbio manual de cinco marchas. O automatizado de seis, com duas embreagens, está na lista de opcionais. É uma transmissão um tanto barulhenta, mas superior às de embreagens simples ou automáticas.


Também se destacam no carro os air bags laterais e frontais, o ar-condicionado automático, a direção elétrica e o sistema multimídia Sync. Um pacote de respeito, que justifica seu preço alto.

Por ora, o Fiesta Sedan é importado do México. Diferentemente do que ocorre com o hatch, que foi nacionalizado no ano passado.

PRÓS:


Dirigibilidade

Fiesta tem comportamento dinâmico ótimo e agrada com a boa afinidade entre motor e câmbio automatizado.

CONTRAS:


Preço Salgado

Versão de topo Titanium, com câmbio Powershift, custa R$ 63.290, um valor muito alto para um sedã compacto.


Ford Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4
Oferta exclusiva

Ford Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4

Deixe sua opinião