Notícias

Flagra: novos Renault Duster Oroch e Kwid surgem camuflados em teste

Caravana com unidades da picape Renault Oroch e do hatch Kwid camuflados foi gravada em teste noturno; dupla será lançada nos próximos meses

Diogo de Oliveira

29 de jul, 2021 · 7 minutos de leitura.

Renault Oroch 2022" >
Picape Renault Oroch é fotografada em testes e revela um pouco da nova dianteira herdada do SUV Duster
Crédito:@mentirasautomotivas/Instagram

Depois de renovar o SUV Captur no Brasil e lançar o motor 1.3 turbo flexível, a Renault já trabalha nos seus próximos dois lançamentos por aqui: as reestilizações da picape Duster Oroch e do hatch de entrada Kwid. Um flagra publicado pelo perfil @TWSGarage, no Instagram, mostra uma caravana de carros camuflados em um teste noturno.

No vídeo, é possível ver uma unidade da picape Oroch com disfarces, além do hatch Kwid, também coberto por adesivos. Ambos os modelos serão lançados nos próximos meses como parte do investimento de R$ 1,1 bilhão que a marca francesa anunciou no início deste ano para renovar toda a sua gama nacional, que ainda terá os novos Logan e Sandero.

Renault Oroch 2022
@tswgarage/Instagram

Picape Oroch com frente de novo Duster

Com o mercado de picapes cada vez mais badalado, a Renault corre com a reestilização da Oroch, que ganhará novo visual. No flagra noturno, quase não é possível ver detalhes do design, mas apenas que as lanternas terão novo arranjo de luzes de LEDs. Já as fotos publicadas no perfil @mentirasautomotivas mostram melhor as mudanças de estilo da picape, bem como revelam detalhes herdados do novo Duster.

As imagens foram feitas na região de Curitiba, ou seja, perto da fábrica da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná. Nos flagras, duas unidades camufladas da Renault Oroch aparecem rodando com luz do dia. Assim, revelam mais da reestilização, que será leve, sem alterar, por exemplo, as laterais da picape derivada do Duster. Prova disso é que a camuflagem cobre só a dianteira e a traseira do modelo.



Dessa forma, fica a expectativa de a nova Oroch 2022 trazer novidades mecânicas. Uma delas pode ser o motor 1.3 turbo flexível recém-lançado no Captur 2022. Este gera até 170 cv de potência e um torque de 27,5 mkgf com etanol. Trata-se do mesmo torque entregue pelo novo 1.3 GSE turbo flexível da Stellantis, já disponível na picape Fiat Toro e no Jeep Compass. Este motor tende a substituir o atual 2.0 flex aspirado de 148 cv da Oroch.

Da mesma forma, a picape Renault deverá mudar o câmbio, substituindo, finalmente, a caixa de quatro marchas pela automática do tipo CVT, que simula 8 marchas. A tração, no entanto, continuará a ser dianteira. Esse mesmo conjunto poderá ser adotado no SUV Duster quando a marca francesa começar a produzir o motor 1.3 turbo no Paraná, no ano que vem. Por ora, ele vem importado da Europa para equipar o novo Captur.

Renault Kwid 2022
@tswgarage/Instagram

Kwid com design indiano vem aí

Antes de lançar a picape Oroch renovada, o que pode ficar para o início de 2022 por causa da nacionalização do motor 1.3 turbo, a Renault lançará no Brasil o Kwid reestilizado. Tal como antecipamos no Jornal do Carro, o hatch terá o mesmo visual do seu par indiano, com a dianteira marcada pelo novo conjunto óptico ao estilo da Toro, com DRLs acima dos faróis.

Na traseira, as lanternas irão manter as formas atuais, mas terão novo arranjo de luzes e contornos de LEDs. Já o para-choques terá elementos verticais, contribuindo para dar essa impressão de maior altura do hatch. Da mesma maneira, o modelo deverá manter a versão aventureira Outsider, que foi flagrada em testes pela Quatro Rodas.

Novo Renault Kwid
Renault/Divulgação

Na cabine, o novo Renault Kwid não mudará muito, mas terá toques interessantes, como um novo volante e materiais mais caprichados de acabamento. Também é esperado que o modelo traga nova multimídia com maior conectividade e melhor resolução, bem como conteúdos importantes, como o controle eletrônico de estabilidade (ESC).

Continua depois do anúncio

Motor 1.0 mais potente

Outra mudança importante no Kwid 2022 será na mecânica. Segundo a Quatro Rodas, o hatch virá com a versão “High Spec” do motor 1.0 SCe flexível de três cilindros. No caso, o mesmo 1.0 flex já disponível na dupla Logan e Sandero, com até 82 cv de potência e 10,5 mkgf de torque. É um pouco mais, portanto, do que os atuais 70 cv e 9,8 mkgf de torque.

Para ganhar desempenho, o motor 1.0 SCe, portanto, adotará recursos ausentes na versão “Low Spec“. Ou seja, duplo comando variável de válvulas e bomba de óleo variável. A Renault também vai recalibrar o câmbio manual de cinco marchas. Dessa forma, deixará o Kwid preparado para as novas regras de emissões do Proconve L7, que terá início em 2022.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se