Ford pagará indenização de R$ 216 milhões ao Rio Grande do Sul

Valor equivale à venda de quase 5 mil exemplares do hatch compacto Ford Ka, que custa cerca de R$ 43 mil


A discussão envolve uma fábrica que a montadora construiria na cidade de Guaíba

A Ford do Brasil assinou um acordo para pagar R$ 216 milhões ao Estado do Rio Grande do Sul, encerrando uma disputa judicial que se iniciou em 2000 – há 16 anos, portanto. A discussão envolve uma fábrica que a montadora construiria na cidade de Guaíba, naquele Estado, mas que acabou sendo erguida em Camaçari, na Bahia, onde atualmente são produzidos o EcoSport, Ka e Ka+.

O valor que a Ford pagará equivale à venda de quase 5 mil exemplares do Ka – o compacto custa R$ 43.290 na versão mais barata, de acordo com o preço indicado no site da montadora.

Tudo começou em 1998, quando a Ford anunciou a fábrica e recebeu incentivos do governo estadual. Mas naquele ano ocorreram eleições e no seguinte o novo governador quis renegociar os termos, algo que a Ford não aceitou. O governo da Bahia entrou na conversa e acabou ficando com a fábrica, e o Rio Grande do Sul recorreu à justiça para receber de volta os valores investidos, inclusive na preparação do terreno que receberia a unidade.

Segundo a Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul, em março de 2015 o Tribunal de Justiça do Estado julgou procedente, em parte, a ação, condenando a montadora a pagar indenização. Foram interpostos recursos ao Superior Tribunal de Justiça e então o Estado e a Ford iniciaram negociações diretamente, resultando neste acordo que agora encerra o processo.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais