Você está lendo...
GM chinesa lança jipe elétrico barato com preço de R$ 57 mil
Notícias

GM chinesa lança jipe elétrico barato com preço de R$ 57 mil

Novo jipe elétrico da GM-SAIC lançado na China é menor que o Renault Kwid e conta com motor elétrico de 68 cv e 300 km de autonomia

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

02 de jun, 2023 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

GM
Jipe elétrico tem tração traseira e alcança 100 km/h de velocidade máxima
Crédito:Divulgação/GM

A General Motors, por meio da joint venture com a SAIC-Wuling, lança na China um jipinho elétrico barato. O Baojun Yep tem visual quadrado que remete ao do Suzuki Jimny Sierra, à venda no Brasil com motor a gasolina e preço de SUV médio, como o Jeep Compass. Mas, de volta ao carro da GM-SAIC, a proposta é outra. Não há 4×4 como no Suzuki e a pegada é urbana. E o que chama a atenção é o preço de 79.800 yuans. Ou seja, o equivalente a R$ 57 mil na conversão direta.

Com uma proposta não tão aventureira, o subcompacto conta com um motor elétrico instalado na traseira que oferece 68 cv de potência e 14,2 mkgf de torque. De acordo com a marca, com esse conjunto, o Yep tem velocidade máxima de 100 km/h. Além disso, a tração é traseira e a autonomia chega a 300 km, conforme o padrão chinês de medição.

jipe elétrico GM-SAIC
Divulgação/GM

Publicidade


Jipe da GM é menor que o Kwid

Um dos grandes destaques do jipinho é o desenho. Na dianteira, traz faróis Full-LEDs e quatro luzes de uso diurno sob a grade preta. A traseira, por sua vez, traz uma tampa com abertura lateral. Uma das peculiaridades do modelo é que a tampa do porta-malas conta com uma tela redonda que lembra um relógio. Chamada pela montadora de Car-watch, o equipamento serve para mostrar imagens ou mensagens para outros motoristas.

Em relação às dimensões, o Baojun Yep tem 3,38 metros de comprimento, 1,68 m de largura e 1,72 m de altura. Além disso, a distância entre os eixos é de 2,11 m. Portanto, o carrinho é 30 cm mais curto do que o Kwid, por exemplo, tanto no comprimento quanto na distância entre os eixos.

Divulgação/GM

Os bancos traseiros podem ser rebatidos e oferecem 715 litros de espaço para bagagem. Mas não é só. Sob o capô, há mais um espaço climatizado que oferece mais 35 litros, permitindo que o condutor leve bebidas, por exemplo. Além disso, há um opcional com racks de teto que transportam até 30 kg.



Tela dupla na cabine

No interior, o grande foco é a tela dupla de 10,25 polegadas. De acordo com a GM-SAIC, metade funciona como central multimídia e a outra como painel de instrumentos 100% digital. O sistema operacional é o KiOS, que oferece diversos recursos de condução semiautônoma do sistema ADAS. Além disso, há câmeras 360 graus.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Deixe sua opinião