Você está lendo...
GM estreia centro de abastecimento no ABC
Mercado

GM estreia centro de abastecimento no ABC

MASC abastecerá linha de montagem de Cruze, Cobalt e Spin em São Caetano com 14 milhões de peças por dia

27 de jan, 2015 · 4 minutos de leitura.

 GM estreia centro de abastecimento no ABC


A General Motors inaugurou ontem um novo centro de abastecimento dentro do complexo industrial da empresa em São Caetano do Sul, no ABC paulista. Batizado de MASC (Centro Logístico de Recebimento e Sequenciamento de Materiais Produtivos), ele vai suprir a linha de montagem de São Caetano - que produz os modelos Cruze sedã e hatch, Cobalt, Spin e Montana - com cerca de 1,4 milhão de componentes por dia, entre peças de acabamento, de tapeçaria e mecânicas.


O prédio ocupa uma área de 30 mil m², o equivalente a quatro campos de futebol, e tem o dobro da capacidade de estocagem em relação ao anterior - serão 4 mil tipos de componentes. O destaque é um sistema inédito de gerenciamento, mais eficiente, capaz de coordenar o estoque de peças que têm fluxos de uso e reposição muito diferentes entre si. Esse sistema deixará o fluxo de recebimento de peças 40% mais rápido, ajudando a baratear os custos de produção, e será adotado também nos próximos centros de armazenagem que a GM erguerá no mundo.

A obra durou dois anos, ao custo de R$ 100 milhões, e sem que a fábrica de São Caetano do Sul, que produz um novo carro por minuto, tivesse de interromper suas atividades. O entulho gerado a partir da desconstrução do prédio antigo foi inteiramente reciclado e aproveitado na construção do MASC, reduzindo o impacto ambiental.

Aniversário. A inauguração do MASC pontuou a comemoração dos 90 anos de atividades da General Motors no Brasil. Neste período, foram produzidos 14,5 milhões de veículos no País, que é o terceiro maior mercado da empresa no mundo, atrás de EUA e China. Segundo cálculos da marca, de todos os carros que foram fabricados no Brasil no período, um em cada quatro é da marca Chevrolet.


A marca anunciou um plano de investimento de R$ 6,5 bilhões para os próximos cinco anos. O montante será aplicado no desenvolvimento de novos produtos, na atualização da linha de veículos e no desenvolvimento de tecnologias ligadas à eficiência energética e conectividade.


Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier
Oferta exclusiva

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier

Deixe sua opinião