Notícias

GM retoma investimento de R$ 10 bilhões para fazer novas Spin e S10

Fábricas da GM no interior paulista receberão o aporte, que também incluí a nova Trailblazer e uma picape para brigar com a Fiat Toro

Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

06 de jan, 2021 · 5 minutos de leitura.

" >
Nova geração da Chevrolet Spin será um crossover ao estilo do chinês Chevrolet Orlando
Crédito:GM/Divulgação

Após congelar os R$ 10 bilhões em investimentos (anunciados em 2019) por causa da pandemia, a General Motors vai retomar os projetos no Brasil. Em comunicado para celebrar o 5º ano na liderança de mercado, a GM confirmou o aporte para lançar ?veículos inéditos? até 2024.

Os lançamentos em questão são as novas gerações da Chevrolet Spin e da S10, o que naturalmente incluí a Trailblazer, que é a versão SUV da picape média. E além dos três, a GM planeja outra picape com tamanho semelhante ao da Fiat Toro e da futura Volkswagen Tarok.

GM/Divulgação

Nova Spin será um crossover

Lançada em 2012, a Spin finalmente terá um substituto até 2022. Assim, a minivan que nasceu do Cobalt terá vida mais longa que o sedã, que saiu de linha em 2020. Entretanto, a nova Spin não terá elo com a atual. O novo modelo será um crossover, ao estilo do Chevrolet Orlando chinês (foto).

Além disso, a minivan vai trocar de plataforma e adotar a arquitetura modular que já é utilizada pelos novos Onix e Onix Plus, e também pelo novo Tracker.

GM/Divulgação

Nova Montana a caminho

Da mesma maneira, a GM vai utilizar a plataforma modular para criar uma picape inédita. O modelo será menor que a Chevrolet S10, porém maior que a Montana, que sobrevive apenas como uma picape voltada ao trabalho. Assim, a nova picape poderá até herdar o nome da compacta. Contudo, em vez de disputar vendas com a nova geração da Fiat Strada, vai rivalizar com as maiores Fiat Toro e Volkswagen Tarok.

GM/Divulgação

Novas S10 e Trailblazer

Parte dos R$ 10 bilhões anunciados pela GM já foi aplicado na fábrica de São Caetano do Sul, que teve a linha de produção modernizada para produzir a nova geração do SUV Tracker. Dessa forma, o próximo passo será a aplicação de R$ 5 bilhões na fábrica de São José dos Campos.

A unidade é responsável por produzir a picape Chevrolet S10 e o SUV Trailblazer. E seguirá produzindo a dupla de utilitários médios, portanto, já que o aporte vai preparar a unidade para receber as novas gerações dos modelos, previstas para estrear no Brasil em 2023.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Dois novos SUVs em estudo

A GM também planeja lançar até a metade da década dois novos utilitários esportivos no Brasil. Um deles será menor que o Tracker, para disputar a nova categoria de SUVs que está por chegar da Índia. Já o segundo modelo ocupará o espaço entre o Tracker e o Equinox, que acabou ficando caro. Este será o SUV para brigar com o Jeep Compass e o Volkswagen Taos, que chega em maio.

GM/Divulgação

Equinox reestilizado a caminho

Com o lançamento atrasado pela pandemia, um dos modelos da GM que chegará às lojas em 2021 é o novo Chevrolet Equinox. O SUV foi reestilizado nos Estados Unidos e estava previsto para desembarcar aqui em 2020. Contudo, a crise causada pelo coronavírus adiou a sua vinda.

Continua depois do anúncio