Emily Nery, para o Jornal do Carro

16/02/2021 - 5 minutos de leitura.

Governo dará R$ 38 mil de bônus a elétricos nos EUA

Pacote do governo com medidas para reduzir o impacto ambiental visa aumentar a quantidade de veículos que poderão receber créditos fiscais de até R$ 38 mil

biden, kamala
Após a vitória da chapa democrata de Joe Biden e Kamala Harris, algumas montadoras foram parabenizar o futuro governo Crédito: Erin Schaff/The New York Times
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Bem antes de ser eleito como presidente dos Estados Unidos, Joe Biden reforçava a necessidade da transição efetiva dos veículos com motores a combustão para os elétricos. Eis que agora, o governo dos EUA pretende facilitar a compra de modelos novos a eletricidade por meio de um bônus de US$ 7 mil (cerca de R$ 38 mil, na conversão direta).

Por trás dessa mudança, está o projeto de lei chamado GREEN (em tradução livre, Crescimento de Energia Renovável e Eficiência Agora). Desenvolvido pelo partido democrata, do novo presidente, as regras preveêm, entre outras medidas, um aumento do limite de créditos fiscais para montadoras que atingirem a meta de entregar 600 mil carros elétricos.

Nesse sentido, os primeiros 200 mil carros elétricos vendidos por uma fabricante têm direito à isenção de até US$ 7.500 (uns R$ 40 mil). Depois disso, que ultrapassarem essa marca, o crédito cai para US$ 7 mil até a montadora chegar às 600 mil unidades vendidas.

Tesla Model 3 governo
Tesla será uma das maiores beneficiadas caso a aprovação pelo governo ocorra Divulgação/Tesla

Esse incentivo, caso aprovado, será especialmente benéfico à Tesla e GM. Ambas já venderam mais de 200 mil elétricos e agora poderão vender mais 400 mil unidades com isenção. A mudança faria com que o Tesla Model 3 o novo Chevrolet Bolt tivessem preços inferiores a US$ 30 mil (R$ 161 mil na conversão direta).

Tesla vendeu mais de 200 mil unidades só em 2020

Embora o último ano tenha afetado massivamente a indústria automotiva, a Tesla vendeu mais de 204 mil veículos só nos EUA. Desse modo, a empresa de Elon Musk registrou índices melhores do que em 2019. O grande responsável pelo sucesso da marca é o Model 3, carro-chefe de vendas.

Contudo, a facilitação não é retroativa. O benefício fiscal passará a funcionar somente após a data de publicação da Lei. De acordo com o PL “ Para os fabricantes que já ultrapassaram o limite de 200.000 antes da promulgação do projeto de lei, o número de veículos vendidos entre 200.000 e aqueles vendidos na data da publicação são excluídos para determinar quando o limite de 600.000 é atingido“.

Chevrolet Bolt EUV governo
Projeto do governo Biden pode deixar o novo Chevrolet Bolt na faixa dos R$ 20 mil Chevrolet/Divulgação

Por outro lado, a gerou duras críticas ao democrata. Especialistas acreditam que a iniciativa fará com que potenciais compradores esperem à aprovação da lei para comprar o veículo.

Incentivo à energia solar

Outra importante mudança no projeto de lei diz a respeito de incentivos a quem busca instalar pontos domésticos de energia solar. Assim, ele visa estender o crédito fiscal de 30% até 2025 aos que decidirem instalar placas solares em casa.

No entanto, a proposta ainda precisa ser aprovada na Câmara e no Senado norte-americano. Mas, como o partido democrata tem maioria em ambas as casas, é muito provável que a aprovação aconteça em breve.



Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais