Honda Civic Touring 2019 aposta em potência e conforto para ser mais caro

Prós e contras do Honda Civic Touring na linha 2019, um dos últimos sedãs médios do País

civic
HONDA CIVIC TOURING Crédito: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

O Civic chegou à linha 2019 sem grandes mudanças, mas com fôlego em vendas entre os sedãs médios, um segmento que está em declínio. Além do Honda, apenas Toyota Corolla, Chevrolet Cruze e Volkswagen Jetta têm mais de mil unidades emplacadas por mês no País.

Avaliamos a versão de topo, Touring, com motor 1.5 turbo a gasolina de 173 cv e tabela de R$ 128.900. O Honda é o segundo mais potente do segmento – o primeiro é o Volkswagen Jetta GLI, com seu 2.0 de 230 cv e preço sugerido de R$ 144.990.

O câmbio CVT (com conversor de torque, algo incomum nesse tipo de transmissão) do Civic, mais voltado ao conforto que à esportividade, não compromete as respostas. Outra virtude são as suspensões independentes nos dois eixos.

A linha Civic e a versão GLI do Jetta são os único carros da categoria com esse sistema. O resultado é a combinação de conforto e boa estabilidade. É fácil encontrar a melhor posição de dirigir, os bancos são confortáveis (o do motorista tem ajustes elétricos) e a direção oferece respostas diretas.

O Civic 2019 também é bem recheado. De série, há seis air bags, controles de estabilidade e tração, alerta de mudança involuntária de faixa, central multimídia (fácil de usar), ar-condicionado de duas zonas e bancos revestidos de couro.

civic
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO
PONTOS FRACOS

O preço é o principal senão desse Honda. A versão Touring custa mais que as opções de topo dos rivais de Corolla e Cruze. A Altis, do Toyota, tem tabela de R$ 118.990 e o Cruze Premier chega a R$ 118.690 com todos os opcionais.

O único mais caro que o Civic Touring entre os principais concorrentes é o Jetta GLI. Outro ponto que poderia melhorar no Honda é a posição da entrada USB. Localizada atrás do console, é bem difícil de alcançar.

Só Civic Touring e Jetta GLI têm motor só a gasolina. Os principais rivais são flexíveis. Quem quiser o sedã da Honda com a tecnologia que permite rodar também com etanol terá de optar pelas versões 2.0.

civic
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

FICHA TÉCNICA HONDA CIVIC

Preço sugerido – R$ 128.900
Motor – 1.5, 4 cil., 16V, turbo, gasolina
Potência (cv) – 173 a 5.500 rpm
Torque (mkgf) – 22,4 a 1.700 rpm
Câmbio – Automático, CVT
Comprimento – 4,63 metros
Entre-eixos – 2,70 metros
Porta-malas – 519 litros
Peso – 1.326 quilos

PRÓS E CONTRAS 

PRÓS – SUSPENSÃO
No segmento, só o Honda e o Jetta GLI têm sistema independente nos dois eixos.

CONTRAS – PREÇO
Versão Touring é mais cara que a maioria das opções de topo dos rivais diretos.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas