Notícias

Hyundai Creta é flagrado com mesma frente da nova geração do Tucson

Flagra feito na Coreia do Sul mostra unidade do Hyundai Creta com camuflagem leve que revela a dianteira da reestilização do SUV para 2022

Diogo de Oliveira

31 de jul, 2021 · 8 minutos de leitura.

Novo Hyundai Creta 2022" >
Flagra feito na Coreia do Sul mostra uma unidade do SUV Creta com a dianteira reestilizada com o estilo do novo Tucson e da picape Santa Cruz
Crédito:Bobaedream/Reprodução

A Hyundai Motor Brasil divulgou nos últimos dias as primeiras imagens e detalhes da segunda geração do Creta, que estreia no último trimestre de 2021. Mas, na Ásia, o SUV compacto, que ganhou a nova geração em 2018, já vai mudar. Um flagra publicado pelo site sul-coreano Bobaedream mostra a dianteira do utilitário com o mesmo estilo do novo Tucson.

O registro mostra a dianteira ainda camuflada, mas que deixa à mostra a nova grade e os faróis, que repetem as formas do Tucson. Esse mesmo estilo, com as luzes diurnas integradas à grade, e os faróis principais agrupados com as luzes de neblina, lembra o visual da picape Fiat Toro. E, não por acaso, também está na picape Santa Cruz, derivada do Tucson.

Dessa forma, o flagra confirma a projeção (abaixo) feita no início de junho pelo Indian Autos Blog. O desenho publicado pelos indianos mostra como ficará o novo Creta com carinha de Tucson. Na ocasião das projeções, aventou-se que o SUV da Hyundai feito em Piracicaba (SP) poderia estrear o visual, ficando, assim, alinhado ao Creta que é vendido na Ásia.

Novo Hyundai Creta
Indian Autos Blog/Reprodução

Entretanto, flagras do novo Creta no Brasil entregaram que o modelo nacional terá o mesmo estilo do SUV vendido na Rússia. Ou seja, quando estrear aqui, o Creta estará próximo receber uma atualização no exterior, o que deve ocorrer em 2022. Assim, o modelo brasileiro ficará novamente atrasado em relação ao Creta vendido em países da Ásia.

Creta atual vai continuar

Não bastasse o atraso em relação ao oriente, o Hyundai Creta vai continuar a ser feito na versão atual, de primeira geração. Para ter preço acessível, o SUV da marca sul-coreana vai oferecer as duas gerações, deixando a atual apenas no pacote Active com o motor 1.6 flexível e até 130 cv e o câmbio automático. Assim, deverá custar próximo de R$ 100 mil.

Hyundai Creta
Tiago Queiroz/Estadão

Novo Creta será tecnológico

Com o veterano Creta em linha ao lado da nova geração, a Hyundai vai seguir os passos da sua parceira de muitos anos, a Caoa. Ou seja, montará um mesmo modelo em duas gerações diferentes. Com isso, a marca quer a liderança da categoria, que, em 2021, está com o Jeep Renegade. Por isso, os modelos terão apelos distintos. O novo Creta vai apostar em tecnologia.

Tal como a Hyundai revelou na última semana, a nova geração do seu SUV compacto terá sistemas avançados de segurança e assistência à condução. São exemplos a frenagem automática de emergência e o alerta de ponto cego. Outro recurso que estará presente no novo Creta é o assistente de permanência em faixa, que faz leves correções no volante.

Hyundai Creta Russo
Reprodução/Hyundai

A lista de conteúdos promete ser extensa e terá novidades, como o freio de estacionamento eletrônico, acionado por botão e com a função Auto Hold, que trava as rodas em paradas de trânsito, para que o motorista possa relaxar as pernas antes de seguir viagem. Haverá até um sistema de câmera lateral que projeta a imagem no quadro de instrumentos.



Nova geração será conectada

Hyundai também revelou a primeira imagem da central multimídia do novo Creta. Ela terá tela de 10,25? e conexão sem fio com Android Auto e Apple CarPlay. É provável que o carregador para smartphone seja por indução, mas somente nas versões mais caras. Além disso, a plataforma de conectividade Bluelink está confirmada na segunda geração.

Continua depois do anúncio

A plataforma de conectividade da marca estreou em abril deste ano nas versões mais caras do HB20. Ela permite o comando remoto do veículo por meio do smartphone. Dessa forma, o proprietário pode ligar o motor, ligar ou desligar o ar-condicionado, travar ou destravar as portas, acionar o pisca-alerta e a buzina. O aplicativo também fornece informações sobre o status do veículo e do motor, como o nível de combustível.

Hyundai
Divulgação/Hyundai

Além disso, ele traz rastreamentoassistência 24 horas, notificações por estilo de condução, modo valet e informações sobre a saúde do veículo. No entanto, para o HB20, o serviço não acompanha um hotspot de Wi-Fi 4G embarcado. Vamos aguardar para ver se esse recurso estará disponível no novo Creta. Após os seis primeiros meses de uso, a Hyundai cobra R$ 29,90 mensais para o uso da plataforma.

E quanto aos motores?

A mecânica do novo Creta ainda não está confirmada. Porém, especula-se que o SUV adotará o motor 1.0 turbo do HB20, que gera até 120 cv e 17,5 mkgf com etanol, e oferece injeção direta de combustível. O câmbio, por sua vez, será manual ou automático de seis marchas, tal como é no Creta atual. Hoje, o SUV utiliza os motores 1.6 Gamma de até 130 cv e 16,5 kgfm, além do propulsor 2.0 Nu de até 166 cv e 20,5 kgfm de torque. É provável que o motor maior continue em oferta no SUV.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se